Aracaju, 18 de outubro de 2021

Belivaldo Chagas recebe aluno Williston Augusto em seu gabinete

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Jovem de origem  quilombola foi aprovado em primeiro lugar no curso de Medicina na Universidade Federal de Sergipe

Na manhã desta quinta-feira,17, o governador Belivaldo Chagas recebeu, em seu gabinete, o estudante Williston Augusto, aprovado em primeiro lugar no curso de medicina na Universidade Federal de Sergipe (UFS), concorrendo entre candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. Egresso do Centro de Excelência Miguel das Graças, unidade que oferta o Ensino Médio em Tempo Integral em São Miguel do Aleixo, território do Agreste Sergipano, a conquista de Williston Augusto repercutiu nacionalmente chegando a sair na página do jornal O Globo e na página do Instagram da Mídia Ninja.

“Sempre tive um carinho especial pela área da Educação e trajetórias como a de Williston, assim como a do médico simãodiense João Costa, também de origem quilombola, muito me emocionam e mostram que a escola pública pode dar certo e é por isso que vamos continuar investindo na área”, afirma o governador destacando, também, histórias como a de Victor Teles, de Itabaianinha, um dos médicos mais jovens formado no Brasil. “Também não vamos medir esforços para ajudar Williston no que for possível para que ele consiga manter os seus estudos, se forme e continue neste caminho já tão vitorioso”, complementa.

Filho de agricultor e de professora, Williston Augusto morou até os cinco anos de idade no povoado Malhada dos Negros, de origem Quilombola, e sua vida escolar é marcada por várias conquistas, como a participação na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, competição que lhe garantiu bolsas de estudos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica aos estudantes de Ensino Médio (PibicJr).

“O encontro com o governador foi um momento de muitas trocas, de muito diálogo, foi uma experiência muito proveitosa que eu nunca imaginei que teria na minha vida, e, sem dúvida, foi algo positivo. Espero, futuramente, agregar positivamente na política da educação do estado. Realmente foi um momento importante na minha vida e só tenho a agradecer”, afirma Williston Augusto.

O estudante diz, ainda, que essa vitória não é apenas pessoal. “É uma vitória que veio dos meus antepassados, das pessoas que fizeram parte da minha trajetória e também para a minha coletividade, principalmente, para a rede pública de ensino que, infelizmente, não tem todo o prestígio que merece da população”, comenta o estudante ressaltando, também, que pessoas do interior conseguem vencer e alcançar coisas que ainda são consideradas elitistas.

Na ocasião, também esteve presente a professora Luciana Oliveira Santos que, hoje, faz parte do Núcleo de Tempo Integral da Secretaria Estadual de Educação, Esporte e Cultura (Seduc). “É de grande emoção ver a educação pública sendo vista como algo que funciona de verdade. Eu acredito na educação pública e ver que dá certo é, pra mim, indescritível. O reconhecimento do governador de recebê-lo aqui e dar oportunidade pra ele é um sinal de que estamos no caminho certo”, afirma a professora Luciana, que acompanhou de perto os anos em que Williston Augusto esteve no ensino médio.

Também participaram do encontro os secretários estaduais Josué Modesto (Seduc) e José Carlos Felizola (Segg).

Cresce número de aprovados

Os resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) geraram grande mobilização por parte das equipes escolares, já que a rede estadual de ensino, mais uma vez, aprovou alunos nas primeiras colocações em todos os territórios de Sergipe. A Secretária de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) estima que mais de 1.500 alunos egressos da rede estadual de ensino foram aprovados em universidades neste ano, só na Universidade Federal de Sergipe (UFS), foram pouco mais de 1.000 aprovados.

E para quem está no processo de preparação para ingressar no ensino superior neste período em que, devido à pandemia do coronavírus, o processo de aprendizagem precisou ser remodelado, Williston Augusto deixa um recado. “A gente tem que acreditar na rede pública e se apegar às nossas convicções, a que lugar a gente quer chegar e sempre lembrando de onde a gente veio. É ter muita força nesse momento que, futuramente, com vacina e com o apoio da ciência tudo vai melhorar”, conclui.

Foto Arthuro Paganini

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Governo entrega mais de 11t de alimentos do PAA Estadual para entidades
Investigado pela DAGV de Estância por estupro e armazenamento pornografia infantil preso em SP
Boletim do coronavírus em Aracaju: Capital não registra novos casos e um óbito
Sergipe registra três novos casos de Covid-19 e um óbito neste domingo