Aracaju, 5 de agosto de 2021

Rogério Carvalho fará aliança com partidos de oposição caso não seja o indicado da base aliada para disputar o Governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O senador Rogério Carvalho, provável candidato a governador em 2022 pelo PT, tem conversado com várias lideranças políticas e deixa claro que disputa a sucessão estadual por indicação ou não do bloco do governo, o qual o PT integra.

Entretanto, no momento em que a base aliada ao governador Belivaldo Chagas (PSD),  definir um nome para disputar o governo, Rogério Carvalho deve formar uma aliança de oposição junto com PSB, PSDB, PL, AVANTE e PSOL com os quais as conversas avançam.

Como vem acontecendo em outros Estados em todo o País, o PT também está fechando uma composição com o PSB em Sergipe, podendo ter o ex-deputado federal Valadares Filho (PSB) como vice e partir para uma disputa eleitoral majoritária. Não há ainda uma definição de chapa e assim a expectativa dentro do grupo em formação é de que o ex-senador Antônio Carlos Valadares tente retornar ao Congresso.

Nesse caso Valadares Filho seria candidato a deputado federal. O partido inclusive já conversou sobre isso em reuniões com a Direção Nacional que tem trabalhado para que haja fechamento de alianças com o PT, inclusive no apoio ao ex-presidente Lula (PT) que pretende retornar ao Planalto nas próximas eleições.

A composição de Rogério Carvalho com os cinco partidos em Sergipe pode ter uma nova formação já que o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL),  também deseja integrar a chapa como candidato ao Senado. Além disso, o ex-senador Eduardo Amorim já anunciou candidatura ao Senado, ficando ou não no partido que se encontra e é presidente estadual em Sergipe.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia Civil fecha uma clínica médica veterinária clandestina localizada na cidade de Simão Dias
Câmara aprova Projeto que viabiliza que Estância receba R$ 14 milhões em empréstimo
CBM/SE encaminha anteprojeto ao governo do estado para reestruturar vagas
Fábio Henrique defende Correios estatal e moderno