Aracaju, 26 de outubro de 2021

Em parceria com a Prefeitura, testagem para Covid-19 é realizada em Simão Dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Mais de 100 testes para identificar a incidência da Covid-19 na população foram realizados no município de Simão Dias, durante esta quinta-feira, 17 de junho, por meio da Força-tarefa Covid-19 da Universidade Federal de Sergipe (UFS). O objetivo da ação foi estabelecer um panorama do nível de infecção pelo vírus em território simãodiense.

Dentre os testes, além do RT-PCR para Covid-19, foram realizados os testes rápidos responsáveis por identificar quem está contaminado ou já esteve em contato com o vírus. os resultados saíam 20 minutos após a realização.

O Professor Lysandro Pinto Borges, coordenador da Força-Tarefa Covid-19 da UFS, relata como a ação está acontecendo:  “Estamos aqui em Simão Dias fazendo testagem em massa da população com um teste moderno revolucionário: teste de antígeno que vai detectar a nucleoproteína do Sar-cov-2, além desse teste do antígeno, faremos o de anticorpos para verificar quem está contaminado, quem já teve contato com o vírus. A Força Tarefa da Covid-19 desempenha esse papel, percorrendo 74 municípios do estado. Hoje a gente agradece muito a Prefeitura de Simão Dias, a Secretaria de Saúde, toda equipe que hoje se encontra aqui e a toda a população que aderiu essa testagem em massa. A vantagem do teste: o resultado sai em 20 minutos, agilizando o processo de diagnóstico e acompanhamento”.

A testagem aconteceu no Conjunto José Neves da Costa, mas posteriormente serão realizadas em outras localidades do município.

A ação foi uma realização entre Governo do Estado, Prefeitura de Simão Dias e Universidade Federal de Sergipe.

ASCOM  – Prefeitura Municipal de Simão Dias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Maria do Carmo defende o empoderamento feminino
PC prende suspeitos de roubo de motocicleta praticado em Socorro
Pré-candidatos plantam verde
Mais de 140 crianças e adolescentes de SE foram mortos de forma violenta e intencional