Aracaju, 28 de julho de 2021

PROTESTOS PELO FORA BOLSONARO ACONTECEM EM TODO BRASIL NO SÁBADO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Nas ruas, nas redes, vem lutar pelo Fora Bolsonaro, vacina já, auxílio emergencial, contra as privatizações e a reforma administrativa

Manifestações de rua em todo o Brasil vão transformar o próximo sábado, o dia 19 de junho, em mais um dia histórico na luta do povo brasileiro pelo Fora Bolsonaro. Em Aracaju, a concentração será na Praça da Bandeira, a partir das 9h da manhã. Participe!

A manifestação nacional vai expressar a vontade popular ao presidente da Câmara Federal Arthur Lira (PP/AL) que já recebeu mais de 100 pedidos de impeachment e não coloca o assunto em pauta no Congresso Nacional.

Um alerta especial para o uso adequado de máscara protetora e álcool em gel. Ninguém deve participar das manifestações se estiver contaminado, com suspeita, com qualquer sintoma da Covid ou se tiver tido contato recente com pessoas contaminadas pela Covid. Durante o ato, todos devem manter o distanciamento social e só tirar a máscara em casa.

Fora Bolsonaro Urgente

As centrais sindicais, os sindicatos e movimentos sociais estão unidos pelo impeachment de Jair Bolsonaro (ex-PSL) e impulsionam a luta por vacina para todos já, pelo auxílio de R$600 contra a fome, contra as privatizações e contra a reforma administrativa.

Roberto Silva, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT Sergipe), destacou que as pessoas que não puderem participar presencialmente dos protestos podem se manifestar nas redes sociais. “Fora Bolsonaro é o grito de insatisfação da população brasileira contra este governo Genocida, contra as privatizações, contra a Reforma Administrativa, contra o desmonte do serviço público, dos direitos sociais e trabalhistas”.

Presidente da CUT Brasil, Sérgio Nobre está convocando os sindicatos filiados para fazer a mobilização das trabalhadoras e trabalhadores em seus locais de trabalho na véspera da manifestação, na sexta-feira, dia 18 de junho. “Se queremos um país com mais empregos, com desenvolvimento, sem privatizações, um país em que os trabalhadores tenham direitos, tenham acesso à vacina e ao auxílio emergencial digno, temos que tirar Bolsonaro do poder”, completa o presidente da CUT.

Por Iracema Corso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Barra dos Coqueiros realiza posse de 10 concursados da área de saúde  
Juíza Maria Angélica França e Souza é nova Desembargadora do TJSE
SSP abre seleção para estagiários de Publicidade e Propaganda e Jornalismo
Seduc convoca professores substitutos para atuarem no retorno presencial