Aracaju, 28 de julho de 2021

Fim de semana: veja o funcionamento do comércio e serviços

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Aracaju autoriza o funcionamento dos serviços não-essenciais aos sábados, incluindo academias. O toque de recolher de quinta à sábado, das 22h às 5h, também será mantido.

Com o novo decreto da Prefeitura de Aracaju, o funcionamento de estabelecimentos comerciais e atividades não essenciais sofreu alterações.

Poderão  abrir aos sábados os serviços não-essenciais, entre eles concessionárias, salões de beleza, academias e comércio em geral. Shoppings centers continuam autorizados a funcionar de segunda-feira a sábado, com a capacidade total limitada a 50%, assim como bares, restaurantes, sorveterias e similares, que poderão funcionar nestes dias, obedecendo o horário do toque de recolher e a capacidade máxima de 30%.

Queima de fogos e fogueiras

A decisão da gestão municipal também proibiu, até o dia 30 de junho, a comercialização, o acendimento e a utilização de fogos de artifício e fogueiras na cidade.

Bares, restaurantes e similares

Bares, restaurantes e similares também podem funcionar de segunda a sábado, porém, até às 21h.

Neste sábado (19), os mercados centrais (Thales Ferraz , Antônio Franco e Maria Virgínia Franco) funcionam das 6h às 17h. O mesmo vale para o mercado Vereador Milton Santos, no conjunto Augusto Franco, e os demais setoriais (bairros).

No domingo (20), das 6h às 12h, com exceção do Thales Ferraz e Antônio Franco, os mercados estarão abertos ao público. Já a partir da segunda-feira (21), estes espaços de comércio retomam o funcionamento com o encerramento das atividades às 17h.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeito de Aracaju recebe medalha do cinquentenário do TCE de Sergipe
Segundo dia de greve é marcado por ato na Saúde de Maruim
Maternidade promove simulado de evacuação em caso de incêndio com brigadistas
Banese faz parceria para alavancar turismo em Santana do São Francisco