Aracaju, 26 de outubro de 2021

Procon Aracaju fiscaliza estabelecimentos que comercializam comidas típicas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com a chegada do período junino, a busca por comidas típicas movimenta padarias, delicatesssens e similares. Por isso, entre os dias 14 e 18, o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), que integra a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), realizou fiscalização especial voltada ao segmento.

Até o momento, 22 estabelecimentos foram vistoriados para averiguação do cumprimento da legislação consumerista e, também, das medidas previstas nos decretos do Poder Executivo para enfrentamento à pandemia.

“O objetivo é verificar o cumprimento da legislação consumerista, sobretudo se os produtos comercializados são próprios para consumo, com especial atenção ao prazo de validade, considerando o caráter perecível”, salienta o coordenador do órgão, Igor Lopes.

Há verificação, inclusive, quanto ao cumprimento da lei municipal n° 5.154/2018. “Essa lei proíbe a remarcação da validade original da mercadoria produzida ou comercializada em Aracaju, estabelecendo que a informação da data de validade deve ser impressa diretamente no rótulo ou na embalagem”, explicou o coordenador do Procon Aracaju.

Para o esclarecimento de dúvidas ou registro de denúncias, o órgão de proteção ao consumidor de Aracaju pode ser acionado através do SAC 151 ou do telefone 3179-6040, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Também é possível encaminhar a solicitação através do e-mail procon@aracaju.se.gov.br.

Foto Sérgio Silva

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

PC prende suspeitos de roubo de motocicleta praticado em Socorro
Pré-candidatos plantam verde
Mais de 140 crianças e adolescentes de SE foram mortos de forma violenta e intencional 
Aracaju anuncia nova antecipação da 2ª dose da vacina AstraZeneca nesta terça-feira