Aracaju, 26 de outubro de 2021

Com autorização judicial, Polícia Civil retira poder financeiro de grupo criminoso que atuava no tráfico de drogas em SE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em ação e investigação conjunta entre o Departamento de Narcóticos (Denarc), de Aracaju, e a Divisão de Narcóticos da Delegacia Regional de Lagarto, foi feita a retirada de poder de financeiro de um grupo criminoso por meio de sequestro judicial de apartamento, veículo e valores bancários.

As unidades policiais, além do combate tradicional centrado na prisão de criminosos, atua para retirar os meios que permitem às organizações desenvolver suas atividades ilícitas –  já que a prisão de membros sem a retirada do poder financeiro gera substituição de integrantes, e não o fim da estrutura criminosa.

A finalidade principal da recuperação de ativos é a retirada de poder financeiro dos grupos criminosos, bem como a de desestimular a prática do delito e retornar o proveito do crime para a economia do país.

Em 21 de maio, as equipes das duas unidades policiais realizaram o cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisões em Aracaju, resultando na apreensão de 111 tabletes de substância semelhante à maconha.

O investigado Bruno Santos Duarte foi preso em flagrante. Já o investigado Marcelo dos Santos Arcieri Junior entrou em confronto com a polícia, foi socorrido, mas não resistiu e veio a óbito. Ambos são investigados por integrar uma grande organização criminosa que movimentava toneladas de drogas.

Como resultado das investigações, foram sequestrados valores das contas bancárias, mas o valor exato não será divulgado para não atrapalhar a continuidade das investigações. Com o avançar da investigação, foi representado o sequestro de um apartamento em nome de Bruno, um carro em nome de Marcelo e dos valores bancários em nome de ambos, por serem suspeitos de bens derivados de tráfico de drogas.

Fonte e foto SSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 140 crianças e adolescentes de SE foram mortos de forma violenta e intencional 
Aracaju anuncia nova antecipação da 2ª dose da vacina AstraZeneca nesta terça-feira
Kitty Lima denuncia ao MPE mortandade de peixes em barragem do Denocs em Glória
Ministro diz que privatização da Petrobras ampliaria investimentos