Aracaju, 26 de outubro de 2021

Eleições na estaca zero

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza *

Perde tempo quem tenta adivinhar agora quais serão os candidatos ao Senado e ao governo de Sergipe em 2022. Ainda é muito cedo para apostar nesse ou naquele nome ou arriscar possíveis coligações. Muita água passará por debaixo da ponte até as convenções. E se o governador Belivaldo Chagas (PSD), por exemplo, resolver disputar o Senado ao lado dos petistas Rogério Carvalho e Lula da Silva, respectivamente, candidatos ao governo e à Presidência? Nada os impede de estarem no mesmo palanque! Quem garante que os ventos continuarão soprado a favor do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), a ponto de ele renunciar ao mandato para disputar o governo? O canto da sereia fará Ulices Andrade trocar o conforto e a segurança do Tribunal de Contas do Estado por uma aventura eleitoral? E se a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) for candidata a vice-governadora pela oposição, quem seria o cabeça de chapa? André Moura (PSC), Eduardo Amorim (PSDB), Valadares Filho (PSB)? Como se vê, o leque de possibilidades é enorme, impedindo que se afirme com segurança quem irá com quem ao baile político de 2022. Portanto, qualquer projeção agora não passa de conversa mole para boi dormir ou de missa encomendada  por algum pré-candidato. Misericórdia!

Alta médica

Curado do coronavírus, o deputado estadual João Marcelo (PTC) recebeu alta médica do Hospital São Rafael, em Salvador. Ele teve comprometimento de grande parte dos pulmões, elevados índices inflamatórios e queda na saturação.  João Marcelo é o terceiro político de Sergipe que vai se tratar da covid-19 fora do estado. Antes dele, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) e a deputada estadual Janier Mota (PL) foram se curar da doença no luxuoso Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. É por isso que dizem, em tom de brincadeira, que o melhor hospital de Sergipe é passagem de avião para outro estado. Marminino!

Mandatos por um fio

Veja o que publicou no Jornal da Cidade a bem informada jornalista Thaís Bezerra: “Uma abelhinha anda espalhando por aí que estão por um fio os mandatos dos vereadores de Aracaju, Fábio Meireles e Sávio Neto de Vardo da Lotérica, ambos do PSC. Segundo a abelhuda, a existência de candidaturas irregulares no partido está pra lá de provada no processo, que já se acha na fase de alegações finais. Portando, diz a danadinha com ar de causídica, com a cassação da chapa, cassa-se os mandatos de Fábio e de Sávio”. Crendeuspai!

Ameaça ridícula

Contrariados por terem sido expostos como preconceituosos, alguns vereadores de Aracaju prometem levar a colega Linda Brasil (Psol) à comissão de ética da Câmara. Os fidalgos se sentiram ofendidos porque a parlamentar condenou o fato de eles terem votado contra o projeto que inclua no Calendário Oficial de Eventos da Cidade a Semana da Visibilidade Trans. Ora, votaram contra porque são retrógrados mesmo e ponto final. Aliás, Linda já avisou que tá se lixando com a ameaça feita pelos marmanjos. Danôsse!

Dinheiro torrado

Inaugurada há quatro meses, a Central de Abastecimento de Itabaiana permanece fechada da Silva Xavier. É que os comerciantes interessados nos boxes não conseguem pagar os exagerados preços cobrados pela administração. Ao visitar a recém inaugurada Ceasa, o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) ficou estarrecido com o vazio do espaçoso local. Ele lamentou que o governo tenha investido R$ 38 milhões para manter o empreendimento fechado. Assim também, já é demais também!

Na mira do Leão

A Havan, que acaba de inaugurar uma filial em Aracaju, foi pega em cheio pelo Leão. A Receita Federal descobriu nova sonegação de contribuição previdenciária por parte da empresa, que pertence ao empresário Luciano Hang. A matéria foi divulgada pelo jornal Estadão e denuncia que Hang ocultou R$ 2,5 milhões, ao deixar de declarar e de recolher devidamente os seguintes tributos: contribuição previdenciária patronal, contribuição destinada a terceiros, os incidentes sobre a rubrica de folha de pagamento aviso prévio indenizado e até a contribuição empresarial por patrocínio a time de futebol. Desconjuro!

Britto no twitter

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto foi ao twitter lamentar as mais de 500 mil mortes por covid-19: Meio milhão de mortos em um ano e três meses: o mais triste dobre de sinos da história do Brasil. É no que dá naturalizar coisas como “chacina”, ao invés de coisas como “vacina”. É, ministro, e ainda há quem jure perante a cruz que o coronavírus não passa de uma gripezinha qualquer. Só Jesus na causa!

Permutando diárias

E o vereador de Lagarto, Vilânio do Treze (PSC), pretende transformar em cestas básicas o dinheiro das diárias pagas pela Câmara. Segundo ele, como os parlamentares têm participado de eventos virtuais, a grana das diárias deve ser usada para comprar comida e distribuir com os pobres. A Câmara de Lagarto paga R$ 2.400 por cada diária. A proposta de Vilânio foi bem aceita pelos demais vereadores, porém o presidente do Legislativo, Amilton Fontes (PSC), defendeu que antes do “talkey” sejam realizados estudos de viabilidade econômica. Então, tá!

Não está de carona

O PT não está de carona no governo de Belivaldo Chagas (PSD). A afirmação foi feita pelo senador petista Rogério Carvalho, durante entrevista à rádio Fan/FM. O distinto ressaltou que a vice-governadora Eliane Aquino é do PT e foi eleita na mesma chapa de Belivaldo. Rogério lembrou que Edvaldo Nogueira (PSD) se elegeu prefeito de Aracaju e Jackson Barreto (MDB) chegou ao governo com a ajuda do PT: “O Partido dos Trabalhadores é o responsável pela reorganização do bloco governista através do saudoso Marcelo Déda”, frisou Carvalho. Ah, bom!

Braços na seringa

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) e o senador Alessandro Vieira (Cidadania) também já colocaram os braços na seringa. Os dois receberam, neste último final de semana, a 1ª dose da vacina contra a covid-19. O cidadanista aproveitou para pedir ao povo que “deixe quem nega a ciência falando sozinho, é hora de união pela Saúde Pública”. Já Mitidieri alertou que “vacina boa é vacina no braço”. Certíssimo!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 31 de julho de 1929.

* É editor do Portal Destaquenotícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Pré-candidatos plantam verde
Mais de 140 crianças e adolescentes de SE foram mortos de forma violenta e intencional 
Aracaju anuncia nova antecipação da 2ª dose da vacina AstraZeneca nesta terça-feira
Kitty Lima denuncia ao MPE mortandade de peixes em barragem do Denocs em Glória