Aracaju, 4 de agosto de 2021

Mais de mil metros de cabos foram furtados dos semáforos desde o início do ano

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os semáforos são fundamentais para o funcionamento do trânsito da cidade. Eles são utilizados para controlar o tráfego de veículos e pedestres nas ruas e avenidas de maior movimento. Porém, em Aracaju, esse sistema tem sido afetado pelos constantes furtos da fiação elétrica, que interrompe, temporariamente, o funcionamento do equipamento e traz grandes prejuízos para o trânsito, além do impacto financeiro aos cofres públicos.

Nesta segunda-feira, 21, por exemplo, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) registrou mais um furto de cabos no cruzamento da avenida Barão de Maruim com a Gonçalo Prado Rollemberg. Com esse, já são mais de 1 mil metros furtados este ano. Para se ter ideia, somente na primeira quinzena de junho, foram quatro registros de furtos: um no cruzamento entre a rua Neópolis e a avenida Maranhão, dois entre as ruas Juscelino Kubistech e do Carmo, no Ponto Novo, e um no cruzamento da avenida Coelho e Campos com João Ribeiro.

Além dos prejuízos aos cofres públicos e à mobilidade urbana, esses furtos aumentam o risco de acidentes, como explica o superintendente da SMTT, Renato Telles. “Os semáforos são feitos para organizar o tráfego de veículos e se eles param de funcionar de repente, aumentam consideravelmente as chances de acontecer um acidente de trânsito. Por isso, fazemos um pedido e contamos com a colaboração da população denunciando ações suspeitas”, disse.

O coordenador de Sinalização da SMTT, Diego Carvalho, também fala sobre os transtornos causados. “Estamos sempre reforçando as caixas dos semáforos, mas infelizmente, os equipamentos são alvo de furtos constantemente. Sempre que isso acontece, deslocamos uma equipe para efetuar a reposição dos cabos, e agentes de trânsito para operar no trânsito, mas o trabalho de reparo demanda um tempo. Os prejuízos são grandes”, conta.

Denúncia

Ao presenciar pessoas descaracterizadas tentando mexer nos semáforos, o cidadão pode ligar para a Guarda Municipal de Aracaju (GMA), através do 153, ou para a Polícia Militar de Sergipe (PM-SE). Não precisa se identificar e a ligação é gratuita.

Fonte e foto SMTT

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sem título
MPSE recomenda que Japaratuba e Pirambu incluam ações e conteúdos sobre direitos humanos e prevenção à violência
Alterado  funcionamento das UBSs de síndrome gripal no final de semana
Universidade Federal lança concurso com 13 vagas para professor efetivo