Aracaju, 27 de julho de 2021

Rogério Carvalho tem quatro opções para o Senado Federal, inclusive a de Eliane Aquino

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Diógenes Brayner

O Partido dos Trabalhadores já está trabalhando amplamente a candidatura do senador Rogério Carvalho a Governo do Estado, porque já acredita que não será ele o escolhido pela base aliada do governador Belivaldo Chagas (PSD), que demonstra opção pelo deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) e Edvaldo Nogueira (PDT).

Na base aliada comentam-se que o nome do conselheiro Ulices Andrade também circula como boa opção, mas que há dificuldade em razão dele só puder aparecer como candidato a partir de 2022,  pela sua atividade no Tribunal de Contas do Estado. Também circula o nome do deputado federal Laércio Oliveira (PP), no momento em menor intensidade.

O deputado Fábio Mitidieri e o prefeito Edvaldo Nogueira são os mais citados como prováveis candidatos ao Governo, porque apresenta a vontade da maioria da base. Edvaldo em razão do seu trabalho em Aracaju,  principalmente no combate a pandemia do Covid-19, vem sendo bem citado. Ao mesmo tempo, os comentários são de que Edvaldo não agrega as grandes lideranças estaduais. É que ele não conversa e nem forma grupos políticos a seu favor.

Rogério atua– O senador Rogério Carvalho (PT) não para. Demonstra claramente que está em pré-campanha e conversa à exaustão com lideranças de vários partidos. Uma delas foi o ex-deputado federal André Moura (PSC), a quem deseja companheiro de chapa como senador. Os dois almoçaram, e foi feita proposta para possível encontro de André e o ex-presidente Lula (PT), feita pelo senador Rogério Carvalho. Até o momento esse encontro não foi agendado e nem ocorreu.

Rogério Carvalho também conversa com o PSB, e tem demonstrado interesse na candidatura do ex-senador Antônio Carlos Valadares para disputar o mandato de senador na sua chapa,  em caso de não aceitação do ex-deputado André Moura. Também há possibilidade de opção para o Senado, na aliança petista, o ex-presidente da OAB Henri Clay (PSOL), e da vice-governadora Eliane Aquino (PT). Um nome em stant by em caso de não haver consenso para a escolha dos demais candidatos.

Mais um partido– O Partido Liberal também está na intenção do PT para montagem de um bloco de apoio ao senador Rogério Carvalho ao Governo do Estado. O nome mais visado é o do ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, que demonstra interesse em disputar mandato no próximo ano, ainda não definido por ele, mas que pode ser de governador a deputado federal.

Dentro do Partido Liberal há um problema a ser resolvido em reunião interna da legenda. É que o presidente municipal do partido, Milton Andrade tem preferências em composição com o Cidadania para integrar a candidatura do senador Alessandro Vieira que demonstra interesse de disputar o Governo.

Entretanto, um influente político que tem ligações com o PL diz abertamente que o partido “jamais fará composição com o PT, porque não é desejo do, até o momento silencioso, presidente regional do PL em Sergipe, Edvan Amorim, que se entende muito bem com o presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto, ligado a Bolsonaro e que não topará compor com o PT”. Entretanto, o ex-senador Eduardo Amorim, presidente regional do PSDB em Sergipe, já teve conversa reservada com Rogério Carvalho e colocou o seu nome e o do PSDB à disposição para integrar a chapa majoritária. Ele deseja disputar o Senado.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comandante Militar do Nordeste é condecorado por deputados estaduais na Alese
Cata-treco: confira a programação desta terça-feira, 27, em Aracaju
Boletim do coronavírus em Aracaju: 189 novos casos e dois óbitos
XXIV Missa do Cangaço será transmitida ao vivo do Museu da Gente