Aracaju, 2 de agosto de 2021

HUSE: TRAUMA CONTINUA AUMENTANDO AS ESTATÍSTICAS DURANTE FINAIS DE SEMANA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com a proximidade dos festejos juninos, o alerta para a prevenção de acidentes sejam eles domésticos ou no trânsito continuam. Isso porque, no final de semana, 18 a 20 de junho, foram registrados 360 atendimentos a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), no Pronto Socorro do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse). Desse total, 85 pacientes precisaram continuar em observação para realização de novos procedimentos, exames ou reavaliação médica. Na maioria dos casos, o trauma aumenta as estatísticas de atendimento.

Foram contabilizadas 120 vítimas atendidas entre a Sala de Sutura e a Ortopedia. Além de 41 usuários que buscaram assistência médica nos consultórios do Otorrino e Oftalmo, 121 usuários na Área Azul e 37 na Retaguarda Covid do município. O Hospital Pediátrico Dr José Machado de Souza, registrou 23 atendimentos aos pequenos pacientes que foram assistidos e desse total apenas um precisou de internamento.

Entre os casos assistidos estão os acidentes motociclísticos que totalizaram 20 vítimas atendidas. José Carlos Silva, 31, foi um deles, ele se envolveu em um acidente enquanto pilotava a sua moto e sem um importante equipamento de segurança que é o capacete. Na queda, o jovem sofreu um trauma na cabeça e no maxilar, além de muitas escoriações.

“Foi uma coisa tão rápida que ele nem imaginava que poderia acontecer, mas infelizmente aconteceu. Um alerta que eu dou é que nunca andem de moto sem o capacete e em carro sem o cinto de segurança, eles salvam vidas”, disse a mãe do jovem, a diarista Maria de Lourdes da Silva, 56. Ele está em uso de antibióticos, já fez exames de tomografia e raio x e aguarda para a programação cirúrgica.

A coordenadora do Pronto Socorro do Huse, Débora Feitosa, faz um apelo às pessoas às vésperas dos festejos juninos. “Estamos vivendo em uma pandemia, nossos hospitais estão lotados e é muito importante se preocupar com essa situação e dos profissionais que estarão trabalhando para salvar vidas. Brinquem com moderação, não soltem fogos e nem acendam fogueiras, o que é prejudicial para desenvolver problemas respiratórios por causa da fumaça. As pessoas que chegam vítimas de acidentes no Huse, sofrem desde pequenas escoriações a politraumas, passando por cirurgias e ocupando leitos de UTI, precisamos reduzir essas estatísticas, principalmente nesse momento que estamos passando de Covid-19”, pontuou.

Também foram registrados no PS do Huse durante o final de semana uma vítima por acidente automobilístico, 2 vítimas por atropelamento, 2 vítimas por arma branca, 4 vítimas por arma de fogo, além de 25 vítimas por queda, 16 com dores abdominais, entre outros diagnósticos.

(Ascom/SES)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura de Laranjeiras e UNIGEL assinam Protocolo de intenções
Manifestações pelo voto auditável reúnem pessoas em várias capitais
Brasil tem 20.503 casos e 464 mortes por covid-19 em 24 horas
Aracaju ultrapassa 344 mil vacinados contra a covid-19, o que representa 51,75% da população