Aracaju, 21 de outubro de 2021

População em situação de rua da Casa de Passagem Estadual recebe vacina contra Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Unidade de acolhimento socioassistencial do Estado recebeu ação através do Consultório na Rua, da SMS de Aracaju

No enfrentamento à covid-19, as pessoas em situação de rua ou em trânsito acolhidas pela Casa de Passagem Estadual foram vacinadas, no último sábado, 19. A primeira dose da vacina Astrazeneca foi aplicada em 20 usuários acima de 18 anos que recebem abrigo na unidade de acolhimento mantida pela Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias). A ação aconteceu em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aracaju, através do Consultório na Rua (CnR), que atua de forma itinerante. Com intervalo de 90 dias, a segunda dose da vacina está prevista para ser aplicada em setembro.

Acolhida há um mês pelo equipamento estadual da Assistência Social, Cândida Maria Santana Silva, de 44 anos, disse que receber a imunização foi um momento muito esperado. “Estou muito feliz por ter tomado a vacina e por todos aqui da Casa de Passagem estarem se vacinando. A vacina é para proteger a gente e a todos ao nosso redor. Espero que logo toda a população também seja vacinada”, disse a usuária. Natural do estado de Alagoas, Daniel Gama, de 36 anos, está há dois meses na instituição e declarou: “Estou muito grato por ser acolhido pela Casa de Passagem e, hoje, por ser vacinado”, disse o usuário.

Em situação de rua ou em trânsito – intermunicipal ou interestadual –, os abrigados na Casa de Passagem vivem em maior risco social, como conta a coordenadora Jainne de Oliveira. “A população em situação de rua acaba se expondo muito ao contato com pessoas infectadas fora de um lar. Ficamos muito felizes, pois 96% das pessoas acolhidas pela unidade já estão vacinadas. Alguns usuários tinham sido imunizados anteriormente por causa das prioridades, como idade e comorbidades. Agora, faltam apenas crianças e adolescentes. Estamos empenhados para que a vacina chegue também aos profissionais do Serviço, que estão na linha de frente e em momento algum deixaram de atuar em prol da população em situação de rua”, declarou Jainne, coordenadora da Casa de Passagem.

A população em situação de rua é um dos grupos prioritários para vacinação, de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), como explica a coordenadora do Consultório na Rua, da SMS de Aracaju, Jayane Trindade. “O Plano Municipal de Imunização contra a covid-19 segue o PNI. Ao total, em Aracaju, já foram vacinadas 199 pessoas maiores de 18 anos em situação de rua, desde o dia 07 de junho. Para ser vacinada, a pessoa em situação de rua precisa ter o cadastro no Sistema para Gestão de Secretaria de Saúde – IDS. Aos usuários que não possuem, fazemos o cadastro na hora e aplicamos a vacina”, afirmou a coordenadora do CnR, Jayane Trindade.

A Casa de Passagem Estadual integra o serviço da Proteção Social Especial de Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e, atualmente, abriga 41 usuários. Mantido pela Secretaria de Estado da Inclusão e da Assistência Social (Seias), o equipamento tem 50 vagas para acolhimento de adultos e famílias, com oferta de lar temporário com dormida, higienização, assistência psicossocial, orientações, escuta qualificada, encaminhamentos para a rede pública intersetorial, e três refeições diárias e dois lanches em todos os dias da semana.

Foto: Pritty Reis

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Governo de Sergipe paga o auxílio tecnológico a mais de 5.700 professores
Simula Enem aplicado presencialmente em todos polos Preuni
Belivaldo mostra o “dever de casa” que fez nas contas do Estado para “Sergipe avançar”
18 anos do Bolsa Família são destacados pelo deputado João Daniel em sessão da Câmara