Aracaju, 18 de outubro de 2021

”Mais do que marketing político, é propaganda enganosa da vacina contra covid em São Cristóvão”, denunciam vereadores

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Depois de anunciar um calendário animador para imunizar toda a população até 18 anos, a Prefeitura de São Cristóvão recuou e anunciou a suspensão da vacina para pessoas que não fazem parte de grupos prioritários. A informação é que a gestão do prefeito Marcos Santana está aguardando novas doses do Ministério da Saúde.

Inconformados, os vereadores da oposição visitaram postos de saúde do município e constataram a falta da vacina. “Ué? Para quê divulgar um calendário sabendo que não depende da própria Prefeitura? Por quê criar uma enorme expectativa nos moradores e não cumprir? Foi feio! Foi marketing político! Foi propaganda enganosa”,  definiu o vereador Neto Batalha (PP).

O vereador Leandro da Renovação também mostrou indignação com a atitude da Prefeitura de São Cristóvão. “O que aconteceu é inaceitável. Não adianta fazer pose de santo se sabe que corre o risco de não cumprir, chega de blefes!”, desabafou.

Líderes da oposição, os parlamentares prometem discutir o assunto na próxima sessão na Câmara de Vereadores. A intenção é coibir novas propagandas enganosas e pressionar a administração municipal a dar seguimento ao plano de vacinação como vem ocorrendo em outras cidades de Sergipe.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Dia do Médico: Novos desafios da categoria após a pandemia
Brasil registra 130 mortes por covid-19 e 5,7 mil casos em 24 horas
Aziz adia para quarta-feira a leitura do relatório da CPI
Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial