Aracaju, 2 de agosto de 2021

ROGÉRIO DIZ QUE GUEDES ASSUMIU APOSTA NA IMUNIDADE DE REBANHO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em postagem no Twitter, nesta sexta-feira (25), o senador Rogério Carvalho (PT-SE) afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, assumiu que o governo federal apostou na teoria da imunidade de rebanho e confessou o crime de Bolsonaro. A postagem do senador sergipano se refere à declaração de Guedes, em audiência na Comissão Externa da Covid-19 no Senado, na qual ele afirmou que o governo federal apostou na imunidade de rebanho e destacou que a ideia foi popularizada pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.

“Guedes assume que o governo apostou na imunidade de rebanho p/ a condução da pandemia. E confessa o CRIME DO BOLSONARO! Pior, tenta colocar a culpa no Mandetta. Esquece que o comandante era e continua sendo o Bolsonaro. A CPI anexa mais uma prova do crime contra a vida do presidente”, afirmou o senador Rogério, na rede social.

“O primeiro ministro da Saúde que tivemos popularizou dentro do governo a teoria [da imunidade de rebanho], que foi exposta para nós e nós acreditamos. E vimos acontecer. Ele estava certo. Ele falou março, abril e maio ela [a curva de contágio da Covid-19] sobe forte, então, temos que fazer distanciamento social, porque, com distanciamento, ela não sobe verticalmente, sobe devagar e dará tempo de criar a imunidade de rebanho aos poucos. Porque se pegar em todo mundo ao mesmo tempo explode a capacidade hospitalar”, declarou Guedes.

“Não se falou em barreira sanitária, testagem em massa, vacinas, nada. A ideia foi vamos aos poucos porque, se for todo mundo ao mesmo tempo, explode a capacidade hospitalar”, acrescentou o ministro da Economia.

Da assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Batata-doce é cultivada no Alto Sertão com irrigação pública
Em Aracaju, 16,4 mil pessoas estão aptas a receber 2ª dose de AstraZenca e Pfizer
“Somos ricos em gás e minérios e referência para o país agora e nos próximos anos”, diz Belivaldo
No próximo sábado vai ter Fora Bolsonaro na Feira do município de Siriri