Aracaju, 2 de agosto de 2021

DEFESA CIVIL NACIONAL ALERTA PARA FRIO INTENSO NA MAIOR PARTE DO PAÍS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na Região Sul, há previsão de neve nas serras gaúchas e catarinenses

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), alerta que, a partir deste domingo (27), uma intensa massa de ar frio (de origem polar) deverá avançar pela Região Sul do Brasil e no decorrer da semana influenciar as temperaturas nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e sul da Região Norte, dando origem a mais um episódio de friagem no ano.

Na Região Sul, há a possibilidade de neve na tarde do dia 28 nas serras gaúchas e catarinenses e geada nos dias 29 e 30. Na Região Centro-Oeste, há previsão de temperaturas mínimas próximas de 12ºC nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Na Região Norte, a temperatura mínima poderá ser de 15ºC em áreas de Rondônia, leste do Acre e sul do Amazonas. Entre os dias 29 de junho e 02 de julho, o frio intenso atingirá áreas de São Paulo e Sul de Minas Gerais, com temperaturas mínimas próximas de 7ºC (São Paulo).

A partir do sistema de alertas da Defesa Civil Nacional, os estados citados já realizaram o envio de notificações à população em geral por meio de mensagens SMS. O alerta é dado em conjunto com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres (Cemaden), o Serviço Geológico Brasileiro (CPRM) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Assessoria MDR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Batata-doce é cultivada no Alto Sertão com irrigação pública
Em Aracaju, 16,4 mil pessoas estão aptas a receber 2ª dose de AstraZenca e Pfizer
“Somos ricos em gás e minérios e referência para o país agora e nos próximos anos”, diz Belivaldo
No próximo sábado vai ter Fora Bolsonaro na Feira do município de Siriri