Aracaju, 3 de agosto de 2021

ARACAJU CONTA COM LOCAL EXCLUSIVO PARA VACINAÇÃO NESTE DOMINGO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Neste domingo (27), pessoas de 39 anos, nascidas entre janeiro e junho de 1982 irão receber a vacina contra a vovid-19  em Aracaju. Para receber a primeira dose do imunizante, o cidadão deverá apresentar documento de identificação com foto e comprovante confirmando residência no município. Caso opte pela vacinação no drive-thru do Parque da Sementeira, o cidadão deve realizar o cadastro previamente no portal VacinAju e aguardar a liberação do código de validação para apresentar no ato da vacinação.

Locais de aplicação da 1ª dose

Visando evitar aglomerações e manter a organização do fluxo, a aplicação da primeira dose ocorre em sete pontos fixos. São eles: UBS Santa Terezinha (Zona de Expansão); Colégio CCPA (bairro Grageru); Centro Educacional Futuro Feliz (bairro 18 do Forte); Estação Cidadania (bairro Bugio); Universidade Tiradentes – UNIT (bairro Farolândia); Centro Educacional Professor José Sebastião dos Santos – CEPJSS (avenida Augusto Franco); e auditório da Escola Municipal Presidente Vargas (bairro Siqueira Campos). Também será possível receber a vacina no drive-thru do Parque da Sementeira, após cadastramento no portal “VacinAju” e liberação do código autorizativo.

Locais de aplicação da 2ª dose

A aplicação da 2ª dose para as pessoas que estão com a segunda dose da vacina AstraZeneca agendada até o dia 3 de julho, está sendo ofertada em seis Unidades Básicas de Saúde: UBS Joaldo Barbosa (bairro América); UBS Celso Daniel (bairro Santa Maria); UBS Oswaldo de Souza (bairro Getúlio Vargas); UBS Manoel de Souza Pereira (bairro Jabotiana); UBS Augusto Franco (bairro Farolândia) e UBS Anália Pina (conjunto Almirante Tamandaré). Além disso, mesmo que não tenha recebido a primeira dose no drive thru, o usuário pode se dirigir ao Parque da Sementeira para concluir o ciclo vacinal, mediante apresentação do documento de identificação com foto e CPF e o cartão de vacinação onde a primeira dose foi registrada.

Gestantes e puérperas

Para gestantes e puérperas, o local que está sendo disponibilizado é o auditório da Escola Presidente Vargas, no bairro Siqueira Campos. As mulheres que estiverem em uma destas duas condições terão prioridade nos atendimentos.

Por questões de segurança e organização, apenas o auditório estará disponível para receber este grupo. Para garantir a imunização contra a covid, a usuária deve apresentar algum documento que comprove a gravidez ou o estado de puerpério.

Os documentos válidos são exame de sangue com resultado positivo, ultrassonografia do bebê ou caderneta da gestante, além da documentação que já é exigida normalmente para os outros grupos, como documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência. De acordo com a orientação da SES, a apresentação de algum desses documentos já garante o direito à vacinação, independente de prescrição médica.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Advogada orienta empresas e órgãos sobre sanções na LGPD
Acordão não garante vitória
Maternidade e pandemia: como conciliar os desafios e o retorno ao trabalho
Governador assina decretos para atrair novas empresas ligadas ao setor de gás