Aracaju, 26 de outubro de 2021

Sergipe apresenta redução de óbitos, casos e internações. Observatório demonstra queda

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Segundo dados do Observatório de Sergipe, os números da segunda quinzena de junho demonstram expressiva tendência de queda, com recuo de 32% na média móvel de casos, 35 % de óbitos e redução de 22% nas internações quando comparada com 14 dias atrás

Sergipe registrou uma redução de 35% na média móvel de óbitos por coronavírus. É o que aponta o Observatório de Sergipe, vinculado à Secretaria Geral de Governo (SEGG) via  Superintendência Especial de Planejamento, Monitoramento e Captação de Recursos (Superplan), segundos dados até o dia 27 de junho. Além disso, de acordo com o boletim “Covid-19: Sergipe e Território Nacional”, os números da segunda quinzena de junho demonstram expressiva tendência de queda, com recuo de 32% na média móvel de casos e redução de 22% nas internações quando comparada com 14 dias atrás.

De acordo a análise do Observatório, a redução nas internações foi puxada, sobretudo, pela queda das enfermarias, que até então, representavam a maioria das internações. A média móvel das internações em enfermarias chegou a 270 internações no dia 26, uma queda de 32,8% em relação aos 14 dias anteriores. Já nas UTI’s chegou a 355, com uma redução de 11,8% em relação a igual período.

O governador Belivaldo Chagas atribui a redução nos números às medidas restritivas adotadas, a exemplo do toque de recolher, que evita aglomerações, assim como ao avanço da vacinação no estado e a ampliação do número de leitos e testagem ampla. “Estamos num momento de queda dos óbitos, assim como no percentual de casos e internações, apesar disso, temos que continuar com as medidas preventivas para que esses números não voltem a crescer. Reforço que as pessoas evitem aglomerações, utilizem a máscara e obedeçam ao distanciamento social. Estamos fazendo a nossa parte e a população deve continuar fazendo a sua também para que juntos possamos vencer esse vírus”, frisou Belivaldo.

Ainda segundo o levantamento, com relação à distribuição territorial da pandemia em Sergipe, atualmente, percebe-se que desde o início de abril (semana epidemiológica 14) tem havido um irregular processo de interiorização da segunda onda, com pequenos aumentos de casos, óbitos e internações (principalmente de UTI).

Vacinação

Outro dado do boletim mostra que em relação à vacinação em Sergipe, mais de 743 mil pessoas tomaram a primeira dose de vacinas contra a Covid19, o que corresponde a 32,1% da população. Já a segunda dose foi aplicada em 225.871, o que dá 9,7% da população. Na comparação com duas semanas atrás, em relação à primeira dose, passou da 8ª para a 7ª posição.

“A vacinação é fundamental para voltarmos à normalidade das nossas vidas. Estamos trabalhando para que a vacinação chegue a todos os sergipanos o mais breve possível. Por isso peço para quem já está na sua faixa etária para se vacinar, e quem já recebeu a primeira dose, que fique atento ao cartão de vacinação para tomar a segunda, que é essencial para a imunização”, pontuou o governador.

Fonte e foto ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais de 140 crianças e adolescentes de SE foram mortos de forma violenta e intencional 
Aracaju anuncia nova antecipação da 2ª dose da vacina AstraZeneca nesta terça-feira
Kitty Lima denuncia ao MPE mortandade de peixes em barragem do Denocs em Glória
Ministro diz que privatização da Petrobras ampliaria investimentos