Aracaju, 3 de agosto de 2021

Governo paga 1ª parcela do Mão Amiga a trabalhadores do corte da cana nesta quarta, 30

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na edição 2021 do programa, estão sendo investidos R$ 2.374.240,00 para beneficiar 3.124 trabalhadores do corte da cana em 20 municípios sergipanos

A partir desta quarta-feira, 30 de junho, os trabalhadores do corte da cana de 20 municípios atendidos pelo Programa Mão Amiga 2021 já podem fazer o saque da primeira parcela do benefício, pago pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seias). Para sacar, basta que se dirijam a qualquer agência ou ponto Banese, munidos do Cartão do Programa e sua respectiva senha. Nesta edição, são investidos R$2.374.240,00, beneficiando 3.124 trabalhadores do corte da cana com quatro parcelas de R$190, durante o período da entressafra do cultivo da cana, quando os cortadores perdem parte da sua fonte de renda.

Nesta edição, o Mão Amiga Cana incluiu 396 novos beneficiários que, desde o dia 21, começaram a retirar os cartões e senhas do programa nas agências do Banese em seus respectivos municípios. A exceção é para: os beneficiários de Maruim, que devem retirar seu cartão e senha na agência do Banese em Laranjeiras; e os beneficiários de Muribeca, que devem retirar seus cartões e senhas na agência do município de Capela. Com cartão e senha em mãos, o trabalhador poderá sacar o benefício em qualquer dia após 30 de junho.

Os antigos beneficiários receberão o recurso através do mesmo cartão e senha utilizados nas edições anteriores. “Os novos beneficiários que ainda não receberam seu cartão poderão retirá-lo, em qualquer dia, na agência Banese do seu município, ou; no caso de Maruim, em Laranjeiras; e, no caso de Muribeca, em Capela. Os antigos beneficiários receberão com o mesmo cartão e senha que já possuem. Caso não tenha mais a senha ou o cartão tenha vencido, o Banese fornece uma senha ou outro cartão para que ele possa fazer o saque”, esclarece a gerente do Programa Mão Amiga na Seias, Maria Auta Carvalho.

Auta Carvalho reforça ainda que, após o dia 30, o saque da primeira parcela do programa poderá ser feito em qualquer agência ou Ponto Banese. “Se a pessoa mora em um lugar onde não tem agência, a exemplo de Muribeca e Maruim, vai poder sacar no ‘cash’ ou no Ponto Banese sem problema nenhum, basta estar com o cartão e senha. O valor da primeira parcela estará disponível para todos os inscritos, sejam beneficiários novos ou antigos”.

MÃO AMIGA CANA 2021

Só no pagamento da primeira parcela, nesta quarta (30), o Governo do Estado investe R$ 593.560,00, totalizando o montante de R$ 2.374.240,00 nas quatro parcelas da edição 2021 do programa, através de recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza – Funcep. As parcelas do Mão Amiga Cana são pagas no último dia útil de cada mês: a segunda parcela será paga em julho; a terceira em agosto; e a quarta e última parcela será paga em setembro.

Os 3.124 trabalhadores do corte da cana beneficiados são provenientes dos municípios da região sucroalcooleira, são eles: Aquidabã (com 74 beneficiários), Areia Branca (318), Capela (685), Divina Pastora (72), Japaratuba (103), Japoatã (182), Laranjeiras (498), Malhada dos Bois (38), Maruim (112), Muribeca (132), Neópolis (56), Nossa Senhora das Dores (267), Nossa Senhora do Socorro (8), Pacatuba (104), Riachuelo (89), Rosário do Catete (15), Santa Rosa de Lima (52), São Cristóvão (56), São Francisco (93) e Siriri (170).

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Bebê nasce grávida: confira porque isso acontece e qual a solução
Previsões de decisões
Ana Patricia/Rebeca caem para dupla suíça. Brasileiras fizeram jogo equilibrado
Felipe Franco está namorando jogadora de vôlei: “Tenho uma nova força”