Aracaju, 27 de julho de 2021

APROVADO PL QUE PREVÊ NOTIFICAÇÃO DE INDÍCIOS DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Como forma de combater, cada vez mais, à violência contra as mulheres, de autoria da vereadora Emília Corrêa (Patriota), foi aprovado, em Redação Final, na Câmara de Vereadores, o PL nº 44/2019, que institui o procedimento da notificação compulsória da violência contra a mulher nos serviços de saúde públicos e privados, no âmbito do municipal. Isso significa, que os profissionais de saúde, a partir de agora, deverão registrar no prontuário médico da paciente, quando houver indícios, de violência contra a mulher.

“Primeiramente, agradeço a compreensão e voto favorável dos demais vereadores (as) que entenderam a relevância do projeto, que será, acima de tudo, uma proteção, a mais, no combate à violência contra a mulher. Essa é mais uma conquista para as aracajuanas”, declarou Emília.

Para a líder da oposição na Casa, qualquer mecanismo que surja para tentar coibir a ação dos agressores é vantajoso. “Não só por sua extrema importância para sociedade em geral, sobretudo, para as vítimas, torna-se um mecanismo que vem agregar a luta incansável dessa outra ‘pandemia’ que é a violência contra a mulher”, pontuou.

A parlamentar ainda ressaltou que, é um PL que protegerá a mulher quando a prova é dificultada. “Um médico conhece e entende a situação. Ele tem como principal objetivo dar um suporte maior e proteger a mulher quando a prova é dificultada, até porque, como nós sabemos, em muitos casos, nem toda vítima tem coragem de ir a uma delegacia”, afirmou.

Procuradoria da Mulher

Na oportunidade, a vereadora que também está à frente da Procuradoria da Mulher em Aracaju, presidindo o órgão, reforçou que segue aguardando a implantação para dar mais abrangência aos trabalhos. “Continuo sendo cobrada, e, ao mesmo tempo, colocando meu mandato à disposição dessas mulheres, trabalhando, orientando, com os recursos que tenho, até que a gente tenha a estrutura devida”, explicou.

O projeto, agora, segue para a sanção do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT).

Foto CMA

Por Andrea Lima

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comandante Militar do Nordeste é condecorado por deputados estaduais na Alese
Cata-treco: confira a programação desta terça-feira, 27, em Aracaju
Boletim do coronavírus em Aracaju: 189 novos casos e dois óbitos
XXIV Missa do Cangaço será transmitida ao vivo do Museu da Gente