Aracaju, 3 de agosto de 2021

CER IV começa a capacitar os que irão atuar no atendimento às pessoas com deficiência

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Centro Especializado em Reabilitação José Leonel Ferreira Aquino (CER IV) começa a capacitar os profissionais de nível médio e superior que irão atuar no atendimento às pessoas com deficiência do estado.

O CER IV é um equipamento do Governo do Estado sob gestão da Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe em parceria e cogestão da Universidade Federal de Sergipe. Desde o último dia 30 de junho que os colaboradores contratados para atuar no CER IV estão participando de momentos formacionais com temáticas diversas.

O Núcleo de Educação Permanente em Práticas de Saúde (NEPPS) da SES, oportunizou o contato da nova equipe com profissionais de diferentes áreas, obtiveram conhecimentos sobre: uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), mobilidade de usuários com dificuldade de locomoção, higienização de ambientes, postura profissional e acolhimento de usuários com deficiência. O objetivo principal das ações educativas que finalizam hoje, 02, é a integração de todos os profissionais aos serviços que serão disponibilizados.

“A gente faz todo um acompanhamento em relação à preparação das equipes de saúde no estado. O NEPPS está em parceria trazendo esses profissionais para estar acolhendo, mas não somente no sentido de ‘bem receber’. O nosso propósito é também preparar esses colaboradores para atender o público alvo do CER IV, ou seja, pessoas com deficiência. O ponto fundamental é saber distinguir a deficiência de cada um e atender cada um dentro das suas especificidades, oferecendo um olhar particular para cada usuário”, destaca Luzineide Bezerra Modesto, representante do núcleo.

A coordenadora do CERV IV, Sayonara Carvalho, detalha o perfil dos usuários que serão  atendidos. “É um equipamento que vai funcionar para atender as pessoas com deficiência nas suas múltiplas reabilitações: física, auditiva, intelectual e o transtorno do espectro autista. A ideia é que já abra funcionando e que, conjuntamente com a UFS, os cursos da área da saúde tenham a possibilidade de fazer estágio, pesquisa, extensão, residência para aumentar a capacidade de atendimento e resposta ao público”, fala.

Segundo a gestora, a estimativa é que sejam atendidos mensalmente cerca de dez mil usuários. “Estamos na fase de preparar todo o nosso Recursos Humanos, para nós é a parte primordial, pois, são eles que vão atuar junto aos usuários”, destaca Saynara.

O Gerente do Núcleo de Educação Permanente do CER IV, Zak Moreira, complementa relatando que os saberes e fazeres oferecidos para os trabalhadores terceirizados são construídos de forma horizontalizada. “Toda a nossa preocupação em fazer o processo de acolhimento horizontal é tornar as relações de trabalho mais humanizadas e, assim, integrar as pessoas às equipes e à toda estrutura. Para isso, precisamos trazer para os colaboradores que são de diferentes setores, a missão do CER IV como equipamento de saúde”, salienta.

Para quem terá a oportunidade de trabalhar pela primeira vez, como é o caso de Milena Oliveira Cabral, 21 anos, a formação antes do início das atividades é essencial. “Eu sou recepcionista e tenho aprendido muitas coisas nesses três dias. Eu já aprendi como recepcionar os cadeirantes, sobre a história dos Centros de Reabilitação, como colocar usuários em cadeiras de rodas e macas. Eu gosto muito de trabalhar na área da saúde e estou disposta a aprender para melhorar cada vez mais os meus serviços”, relata a jovem com entusiasmo.

A coordenadora Sayonara ressalta que o prédio é totalmente adaptado aos usuários, porém, é preciso que os (as) profissionais estejam preparados para orientar os usuários da melhor maneira. “Teremos um painel sonoro, o prédio é todo acessível e sinalizado. O CER IV  é um equipamento que irá trabalhar a reabilitação das pessoas com a lógica da Humanização. Por isso, todos os nossos trabalhadores, do nível médio ao profissional médico, receberão capacitações permanentes”.

No próximo dia 06 de julho haverá mais uma capacitação, essa voltada para os profissionais de nível superior com outros serviços que são referência no país. O CER IV funcionará com oitenta profissionais, oferecendo atendimento das 07h às 17h.

Foto: Flávia Pacheco

Da assessoria

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

UFS registra média anual de quase 19 pedidos de patentes desde 2011
PL inclui surdo unilateral nas cotas para deficientes em concursos públicos
Eduardo participa de solenidade para cidade mais sustentável
“O PSB se organiza para ser mais uma vez protagonista”, afirma Valadares Filho