Aracaju, 4 de agosto de 2021

JORNALISTA EVENILSON SANTANA É VÍTIMA DE RACISMO E FAZ DESABAFO  EM PE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O jornalista Evenilson Santana sofreu um ataque racista enquanto apresentava o Cidade Alerta de Pernambuco na noite de sexta-feira (2). Uma internauta identificada apenas como Suellen utilizou os comentários da retransmissão do jornalístico nas redes sociais da TV Clube, afiliada da Record no estado, para questionar se o “macaco” que estava apresentando o telejornal “era louco”. A mensagem foi lida pelo apresentador, que se despediu dos telespectadores afirmando que nunca havia encerrado um telejornal de forma tão triste. Ele deixou o estúdio da atração aos prantos.

Pouco depois, Santana voltou ao ar durante o Jornal da Clube e falou sobre a mensagem racista. “Infelizmente, 2021 e tem gente com esse tipo de comportamento. Tanta coisa importante pra gente se preocupar e alguém vai em uma rede social, na nossa transmissão, perto do fim do Cidade Alerta e comenta isso. Primeiro, ela escreveu macaco de forma errada, botou nacaco. Depois, ela achou pouco e para ninguém ter dúvidas do xingamento, corrigiu”, contou.

“Essa pessoa já foi identificada. Eu não dou muita importância as vezes, mas tem muita gente indignada. Não param de chegar mensagens do pessoal preocupado comigo. A assessoria jurídica da TV já foi acionada, tem muita gente me ligando. Eu poderia dar pouca importância, mas isso gerou comoção em muita gente, sabe? Eu mesmo me chamo de negão, eu elevo a cor negra, e tenho muito orgulho disso. Sabe por que? São quase trinta anos na comunicação, e pra quem não sabe, foi muito difícil. É muito mais difícil pra gente que é negro”, desabafou o apresentador.

“É muito mais complicado. Você é vítima de discriminação toda hora, e nós estamos em 2021, minha gente. Não é possível. Por mim eu iria deixar quieto. Mas os nossos colegas já estão se movimentando, a nossa gerente, e o nosso pessoal vai acionar a assessoria jurídica. Eu não estou preocupado em ganhar dinheiro, indenização, nada disso. Mas a gente precisa corrigir esses erros, ir reparando isso, que infelizmente já é histórico. Eu peço desculpas ao público por ter terminado o jornal desabando, mas nós somos de carne e osso”, prosseguiu ele.

“Essa pessoa que comentou tem nome, tem tudo. E ela é completamente fora do escopo de tudo que tenho recebido aqui em Pernambuco desde que eu cheguei. Eu tenho recebido carinho, uma admiração das pessoas, e isso desde que eu cheguei. Então, ela tá fora completamente. É um caso extremamente raro, porque os pernambucanos são pessoas muito amáveis. Que Deus tenha piedade dela”, concluiu Evenilson Santana.

Âncora do Jornal da Clube, a jornalista Isly Viana também desabafou sobre o ataque racista sofrido pelo colega de trabalho. “Ninguém merece isso. Absolutamente ninguém. Nenhum negro, nenhuma negra, merece passar por uma humilhação dessas. Eu gostaria de poder te dar um abraço agora. É um profissional experiente, dedicadíssimo. Isso é de cortar o coração. A gente não pode mais admitir esse tipo de coisa. Isso não pode continuar e vai ser registrado sim, levado a diante e denunciado. Não vai ficar impune. Não pode ficar impune. Isso é um absurdo, e precisa parar. E quem tem que falar sobre isso não são só os negros e negras. Todas as pessoas tem que ser antirracistas”, pontuou.

Fonte TV POP – https://www.tvpop.com.br/16122/apresentador-do-cidade-alerta-e-vitima-de-racismo-e-faz-desabafo-ao-vivo/

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sem título
MPSE recomenda que Japaratuba e Pirambu incluam ações e conteúdos sobre direitos humanos e prevenção à violência
Alterado  funcionamento das UBSs de síndrome gripal no final de semana
Universidade Federal lança concurso com 13 vagas para professor efetivo