Aracaju, 3 de agosto de 2021

ASSOCIAÇÃO DE MULHERES RECEBE APOIO DO PROJETO DOM TÁVORA EM SÃO FRANCISCO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Seagri entrega máquinas, equipamentos e materiais com investimento superior a R$ 160 mil

Associação de Mulheres e Jovens do Município de Santana do São Francisco buscaram no artesanato, corte e costura uma alternativa para garantir o complemento da renda familiar com a aquisição de máquinas modernas de costura e bordado, além de cursos de capacitação. Elas apresentaram o projeto em nome da Associação de Mulheres do Campo de Santana de São Francisco e receberam o apoio financeiro do Projeto Dom Távora, realizado pelo Governo de Sergipe em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA).

No último dia 30 de junho, o secretário de Estado da Agricultura, André Bomfim, fez a entrega oficial de máquinas, equipamentos, materiais de consumo, utensílios, acessórios e aviamentos, no valor total de R$ 161.510,28 investidos no empreendimento das santanenses. Os recursos possibilitaram a aquisição de máquina de costura reta industrial, impressora sublimática com ecotank, máquina de costura overloque, máquina de costura reta, máquina de costura galoneira, máquina bordadeira, prensa térmica de sublimação, máquina para botões ilhós e mesa para abrir costura. Além disso, também foram comprados utensílios, acessórios e aviamentos, tecidos diversificados em tipo e cores, bem como artigos de armarinhos.

“O objetivo é justamente criar oportunidades de renda para jovens e mulheres do município. Que elas possam produzir mais, com melhor qualidade e ampliar mercado para o comércio de artesanato em tecidos e manufaturados no município. Fico muito feliz de ver aqui a participação dos representantes da prefeitura colocando-se à disposição para também ajudar no desenvolvimento deste empreendimento. Em breve, voltaremos aqui para entregar uma fábrica de bolos para outra associação”, disse o secretário André Bomfim. Ainda segundo o gestor, foram investidos em Santana do São Francisco R$ 1,3 milhão por meio do Projeto Dom Távora, estando o Centro de Artesanato e o Caminhão do Artesanato entre os projetos já entregues em 2020.

A Associação de Mulheres do Campo de Santana de São Francisco conta com 30 mulheres participando do projeto. A maioria com idade entre 20 a 45 anos, chefes ou não de família. A presidente da associação Creuza Pereira dos Santos Silva, de 70 anos, é inspiração para as demais jovens, pelo dinamismo, capacidade de coordenar o trabalho coletivo e pela disposição para o trabalho. “Lutamos para conseguir e conseguimos os equipamentos. Agora, entraremos em outra etapa da capacitação das costureiras que aprenderão a lidar com essas máquinas de última geração e computadorizadas”, pontuou Creuza. Entre os produtos confeccionados pelas mulheres, destacam-se bolsas de praia, bonecas de pano, camisetas estampadas, conjuntos de cozinha, fardamentos e conjuntos para banheiro.

A secretária do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município e sócia da Associação, Gleide Menezes, conta que tem sido um prazer construir esse projeto ao lado de Dona Creuza e das suas companheiras. Segundo ela, a iniciativa está se traduzindo em esperança de dias melhores para as mulheres da comunidade de Santana do São Francisco. “Para nós, significa a esperança de dias melhores, esperança para a juventude, e esperança de melhorar a renda das mulheres trabalhadoras da nossa comunidade. Então o sentimento não podia ser outro no dia de hoje. A felicidade de estar aqui é enorme”, afirmou.

A secretária municipal da Assistência Social, Maria das Dores, afirma que o projeto é mais uma alternativa de renda para essas famílias. “Hoje é um dia muito especial porque é a realização de um sonho dessas mulheres, que tanto lutaram por esse projeto. Essa ação se apresenta como uma alternativa de renda, uma autonomia para as famílias mais vulneráveis, e isso é muito importante para nossa comunidade, que necessita bastante. Quero agradecer ao Governo do Estado pelo belíssimo trabalho, pela assistência às associações, e dizer que a prefeitura municipal de Santana do São Francisco está aqui apoiando essas mulheres, apoiando a comunidade e apoiando aqueles que mais precisas”, concluiu.

Fonte e foto SEAGRI/SE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

UFS registra média anual de quase 19 pedidos de patentes desde 2011
PL inclui surdo unilateral nas cotas para deficientes em concursos públicos
Eduardo participa de solenidade para cidade mais sustentável
“O PSB se organiza para ser mais uma vez protagonista”, afirma Valadares Filho