Aracaju, 31 de julho de 2021

SERGIPE É O SEGUNDO ESTADO DO PAÍS EM VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Estado de Sergipe ocupa a segunda posição do ranking nacional da vacinação contra a Influenza, segundo dados do Ministério da Saúde. Com uma cobertura vacinal de 49,9%, Sergipe fica atrás apenas de Minas Gerais que vacinou 53,5% da população alvo, que são os idosos, trabalhadores da saúde, professores, gestantes, puérperas, caminhoneiros, forças de segurança, população do sistema prisional e os indígenas.

A campanha de vacinação para os grupos prioritários segue até o próximo dia nove, quando então será aberta para toda a população. Em nota, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, explicou que o Ministério resolveu ampliar a vacinação contra a Influenza para reduzir os casos graves de gripe, que também pressionam o sistema de saúde.

O acesso à vacina é simples. Basta que a pessoa interessada procure uma Unidade Básica de Saúde (UBS), portando a caderneta de vacinação e um documento com foto. Caso a pessoa não possua ou não encontre a caderneta de vacinação, uma nova será preenchida pelos profissionais de saúde, segundo informou a enfermeira do programa Estadual de Imunização, Ana Beatriz Lira.

Observou ela que, se a pessoa tomou recentemente a vacina contra a Covid-19, deve esperar um tempo de 15 dias para receber o imunizante contra a Influenza. “No entanto, para quem está prestes a ser vacinado contra o novo coronavírus, a orientação é dar prioridade a este imunizante, aguardar o tempo recomendado e depois se imunizar contra o vírus da gripe, que também é um agente infeccioso grave e pode levar a óbito”, reforçou.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Aracaju mantém a vacinação contra covid-19 neste final de semana        
LIRAa: Aracaju permanece em médio risco de infestação por Aedes
Belivaldo Chagas em Japaratuba dá ordem de serviço, bate bola com André Moura e diz que Zeca da Silva subirá mais um pouco
Influenza: PMA alerta gestantes sobre importância vacinação