Aracaju, 27 de julho de 2021

Vacina: taxistas, mototaxistas, condutores e cobradores entram na lista de prioridade

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Iniciativa, aprovada hoje pela Assembleia Legislativa, é de autoria da deputada estadual Maria Mendonça

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou Indicação, de autoria da deputada Maria Mendonça (PSDB), que garante prioridade na vacinação contra a Covid-19 para taxistas, mototaxistas, condutores e cobradores de demais transportes alternativos. “Esses trabalhadores e trabalhadoras não podem parar e ficam extremamente expostos ao vírus, considerando que estão sempre transportando pessoas que se deslocam de Norte a Sul do Estado”, justificou Maria, ao agradecer aos colegas pela aprovação da matéria.

Ao propor a Indicação, Maria citou estudo realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), apontando que profissionais de transporte público estão entre os mais vulneráveis e têm risco de contágio que chega a 71%. “Foi por conta disso que em 18 de janeiro deste ano, o Ministério da Saúde os incluiu como prioridade na vacinação”, lembrou.

De acordo com a deputada, esses profissionais exercem um papel fundamental na sociedade. “Devemos lembrar sempre que é graças a eles que a maioria das outras categorias podem chegar em segurança aos seus respectivos locais de trabalho. Nesse bojo são incluídos, até mesmo, os trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente, como enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, dentre outros. Por isso foi de suma importância a aprovação desta Indicação”, destacou Maria, ressaltando que espera contar com a sensibilidade do governador Belivaldo Chagas para que a iniciativa seja implementada.

Assessoria Parlamentar deputada Maria Mendonça

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Futura acomodação
Hospital Primavera comemora 1.500 altas de pacientes com Covid-19
Safadão é detonado ao defender pastor André Vitor: “Ridículo”
“Nosso grupo concordou que o melhor caminho era o PSB”, afirma Dr. Emerson Ferreira