Aracaju, 27 de julho de 2021

Saúde alerta população para golpe de suposto funcionário da Vigilância Sanitária em Aracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) desmente a informação que está circulando sobre o golpe de um suposto funcionário da Vigilância Sanitária de Aracaju que estaria entrando em contato com empresários, por telefone, afirmando ser fiscal do órgão com a finalidade de aplicar golpes a partir de ameaças.

Empresas têm comunicado à Secretaria que estão recebendo ligações de pessoas que dizem ser funcionárias da Vigilância Sanitária do município, as quais estariam repassando informações falsas.

De acordo com a gerente de Ações Estratégias da Vigilância Sanitária e Ambiental da SMS, Jacklene Andrade de Araújo, são ligações diversas com ameaças de interdição e denúncias de produtos vencidos.

“Todas essas ligações são falsas. A Vigilância Sanitária não entra em contato com empresas fazendo qualquer tipo de ameaça, dizendo que vai interditar ou fechar, isso não procede. Nosso trabalho consiste na fiscalização de caráter prioritário orientativo. Em casos de necessidades, é aplicada uma punição, depois de uma inspeção e avaliação do local realizada pelos profissionais”, explica.

Casos específicos

Ainda segundo a gerente, a Vigilância pode ligar ou marcar para inspeção de uma empresa, em situações muito específicas, como às vezes o próprio empresário pede pela dinâmica do seu serviço, com horários de funcionamento alternativos, ou para as empresas que ainda não estão funcionando e precisam passas por uma vistoria prévia para sua abertura.

“Por isso precisamos agendar o dia, horário e local para verificar a estrutura física, mas nenhuma ligação de caráter ameaçador. E para apuração de denúncias, a fiscalização nunca é agendada, os fiscais chegam de surpresa para verificar a rotina de funcionamento da empresa, ou para confirmar ou não o teor da denúncia registrada”, enfatiza.

A divulgação de fake news é crime e o responsável está sujeito às sanções penais. Não contribua com a desinformação. Para os empresários que receberam ligação com conteúdo ameaçador, a Secretaria orienta contatar imediatamente o setor da Vigilância Sanitária de Aracaju, pelo telefone 3711-5072.

AAN – foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comandante Militar do Nordeste é condecorado por deputados estaduais na Alese
Cata-treco: confira a programação desta terça-feira, 27, em Aracaju
Boletim do coronavírus em Aracaju: 189 novos casos e dois óbitos
XXIV Missa do Cangaço será transmitida ao vivo do Museu da Gente