Aracaju, 2 de agosto de 2021

Valadares Filho lamenta omissão do governo com medidas voltadas à recuperação do turismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Considerado como um dos setores mais atingidos com as medidas de restrição para combater o avanço da Covid-19, o turismo ainda está longe de recuperar as perdas acumuladas desde março do ano passado. E em Sergipe não foi diferente. Além das empresas que sobrevivem diretamente do turismo, como hotéis e agências de viagens, outras ligadas ao setor, como bares, restaurantes e locadoras também enfrentam a mesma situação.

Para o ex-deputado federal Valadares Filho, presidente estadual do PSB, o que agrava ainda mais essa situação é a falta de ações do poder público em auxílio ao setor que gera empregos e renda. Ele cita como exemplo o estado vizinho de Alagoas, onde o governo lançou um pacote de medidas e de crédito para hotéis e similares.

“São R$ 35 milhões destinados às empresas que investem no turismo, inclusive pequenos empreendedores como MEI. Medidas necessárias para diminuir o impacto de meses de fechamento e que ainda sobrevive com dificuldades, uma vez que ainda não voltamos aos mesmos patamares seguros antes da pandemia”, lamenta Valadares Filho.

Em Alagoas, o valor de R$ 35 milhões está financiando empréstimos de até R$ 4 mil para MEI e até R$ 50 mil para empresários do SIMPLES, com taxa de juros de 0% e carência de 6 meses. Além disso, veículos do segmento e transportadores do turismo não pagarão IPVA em 2021. “Esperamos que o exemplo de Alagoas motive o governador Belivaldo Chagas a fazer o mesmo. Não se trata de um estado rico, como São Paulo, mas de um estado vizinho, com receitas semelhantes às de Sergipe. Portanto, nada mais do que boa vontade para tomar uma medida que socorra um setor essencial à nossa economia”, afirma o ex-deputado federal.

Foto: Congresso Em Foco

Texto: Por Ascom/PSB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Batata-doce é cultivada no Alto Sertão com irrigação pública
Em Aracaju, 16,4 mil pessoas estão aptas a receber 2ª dose de AstraZenca e Pfizer
“Somos ricos em gás e minérios e referência para o país agora e nos próximos anos”, diz Belivaldo
No próximo sábado vai ter Fora Bolsonaro na Feira do município de Siriri