Aracaju, 28 de julho de 2021

Adema apura denúncia sobre armazenamento de couro em Maruim e que tem causado transtornos para os moradores

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Ao constatar a veracidade das denuncias, órgão ambiental tomou as devidas providências

Atendendo à solicitação, uma equipe da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), esteve no município de Maruim, na terça-feira, 13, a fim de averiguar denúncias sobre o abatimento e armazenamento de couro animal de forma irregular, fato que tem causado transtornos para os moradores das imediações.

Em visita ao local, a equipe constatou a veracidade da denúncia, uma vez que foram encontradas três salgadeiras de couro bovino, cada uma sob responsabilidade de pessoas diferentes, bem como identificado um tanque para o acondicionamento do referido material em condições insalubres e inapropriadas para o desenvolvimento das atividades, e que estava provocando odores, incomodando os moradores das imediações.

De acordo com o Diretor-Presidente da Adema, Gilvan Dias, ao constatar as irregularidades, as providências iniciais foram tomadas . “A Adema fará os autos de notificação para cada um dos responsáveis pelas salgadeiras de couro bovino, determinando um prazo para a adequação das atividades em local apropriado, bem como para que eles encerrem as atividades e façam a remoção total do couro, devolvendo aos moradores as condições salubres de antes”, ressaltou.

Informações e foto Adema

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Pessoas de 29 anos podem se vacinar partir desta quarta-feira contra a Covid
Concurso da PC: Prazo é ampliado e inscrições seguem até o dia 3
Covid-19: Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação
Vigilância Sanitária interdita drogarias irregulares em Aracaju