Aracaju, 31 de julho de 2021

No ‘Casa Kalimann’, Sarah faz balanço sobre o ‘BBB21’: “Poderia ter aproveitado mais”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sarah Andrade, do BBB21, é a convidada desta semana no Casa Kalimann – já disponível no Globoplay – e a ex-BBB abriu o jogo para Rafa Kalimann sobre sua trajetória no reality.

“Intensa para um caramba! É muito legal, mas muito intenso, né? É uma montanha-russa de emoções ali dentro, dias muito felizes, dias muito tristes, mas é muito gostoso.”

Segundo Sarah, se pudesse mudar algo, seria suas relações dentro da casa. “Não me arrependo, de fato, das coisas que eu vivi ali dentro, acho que eu fui quem eu sou e quem eu tinha de ser, mas poderia ter aproveitado mais as amizades”, afirma.

“A gente fica achando que nunca vai ter fim e, de repente, o negócio acaba… Sinto muita falta de estar naquelas festas, aproveitar muito com o pessoal, sinto falta disso.”

Dentro da casa – e aqui fora também – a brasiliense formou uma amizade com Gil do Vigor e, segundo ela, foi amor à primeira vista.

“Engraçado, né, que isso foi no primeiro dia do programa, a gente já se identificou muito e foi por causa de um signo! A gente descobriu que tinha o mesmo signo – Câncer – e a gente começou a conversar, daí vimos que os dois eram aquela coisa… Manteiguinha derretida, aquela coisa que se apaixona com facilidade, e logo estava lá já eu e ele caindo de amores um pelo outro, se entregando”, relembra.

“O Gil tem um jeitinho muito particular dele, que é muito puro, e isso me ajudava a trazer um pouco mais para a realidade. Ele é maravilhoso, adoro as cachorradas”, continuou.

Rafa, claro, aproveitou para questionar Sarah sobre a relação com Rodolffo – afinal, rolou uma paixão ou não?

“Só pelo Gil mesmo! Eu falei, ‘naquela casa, não vou entrar e fazer casal’. Corta para: Sarah em um casal com Gil, sem nem beijo na boca”, divertiu-se a convidada.

No programa, Sarah também falou sobre como foi sua reação após a eliminação do programa.

“Dá um apertinho no coração, né? Ver que você estava sendo considerada uma das favoritas no negócio e, de repente, fuén… Do céu ao inferno.”

E, por último, Rafa também quis saber como foi, para Sarah, lidar com a xepa!

“Eu experimentei coisas que nunca tinha experimentado, então foi uma aventura, mas eu gostei muito. Tinha umas receitinhas mais diferentes, mas é gostoso no final, a gente aprende a gostar”, contou Sarah, frisando que só não conseguiu comer uma comida específica: “bucho não dá, não desceu.”

Fonte/Foto: globo.com

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Belivaldo assina Ordem de Serviço da  etapa 2ª do Canal Remanso
Quinto dia de greve conta com caminhada e apitaço em Maruim
Belivaldo elogia trabalho de André e diz que Edvaldo foi feliz na parceria 
Motoristas de carro fumacê são capacitados pela Funesa