Aracaju, 28 de julho de 2021

Mudança nacional pode influenciar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Articuladores políticos engrenam possíveis novos fatos que podem surpreender na escolha da chapa majoritária que será feita entre setembro e outubro. O que há, de absolutamente certo, é que o governador Belivaldo Chagas indicará o nome de quem deve sucedê-lo com as eleições de 2022. Os nomes estão postos, sem grandes novidades, embora considerem que as candidaturas presidenciais possam influenciar em outros integrantes da chapa e criar dificuldades.

A primeira impressão que passa é que o grupo continuará votando em Lula da Silva para presidente, mas sabe-se que nessa escolha não existe homogeneidade, em razão da presença de bolsonaristas na base, que serão respeitados em sua posições. Isso não está em discussão, claro, mas já se começa a avaliar como ficará o quadro de escolhas, com a presença do presidente se filiando a um dos partidos que está no bloco. Informações recentes admitem que Bolsonaro vai para o Partido Progressista (PP) e a pergunta é: como ficará?

Mais um detalhe: de um debate realizado na segunda-feira, na RBN, entre os presidentes do PSD, Gilberto Kassab, e do PT, Gleisi Hoffmann, surgiu uma surpresa. Kassab, que antes parecia disposto a fechar com o ex-presidente Lula, avisou que o seu partido vai apoiar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), caso ele seja candidato ao Planalto. Nada definido, mas foge à decisão inicial e deixa confusa toda a situação em relação às posições nos Estados. Em Sergipe quebra a tradição do bloco hoje liderado por Belivaldo Chagas, que desde 2010 apoia o ex-presidente Lula.

E isso complica, porque o bloco liderado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) tende a ficar com o ex-ministro Ciro Gomes, o PP e MDB não deixarão Bolsonaro na mão, o PT se fixa em Lula e o PSD deve fechar com Kassab e seguir o nome que o partido sugerir a nível nacional. Não será tudo tão definido assim, porque o ex-governador Jackson Barreto, que tende filiar-se ao PSD, não abre mão de votar em Lula, mesmo indiferente ao PT. É natural que eleições presidenciais influenciem nas estaduais, mesmo em um bloco que ideologicamente era homogêneo, mas com as mudanças no estilo político tenha o tornado heterogêneo.

É possível que essas mudanças atrasem o período de escolha do candidato do bloco e, de alguma forma, altere as condições oposicionistas que, embora não se veja mais interesses por ideologias, fica claro que algum tipo de revoada pode acontecer e criar um novo cenário para o pleito de 2022. É bom aguardar…

Fortalecer o bloco

Um prefeito eleito do PT ligou para a coluna – em off – e disse que defende o nome do senador Rogério Carvalho (PT) como candidato a governador pelo bloco.

*** Admite que “é um direito dele e que é o mais preparado”.

*** Acha, entretanto, que ele deve permanecer no bloco caso não seja o indicado pela maioria, inclusive para fortalecer a votação em Lula para presidente.

Retorna para casa

O prefeito disse ainda que, em encontro que teve com vereadores petistas, a maioria tem o mesmo pensamento sobre a candidatura de Rogério a governador, admitindo que há receio de um rompimento e dezenas de pessoas percam seus empregos.

*** Um dos vereadores disse que “para não perder o emprego as pessoas podem até votar contra”.

*** O prefeito sugeriu que Rogério refletisse em relação a um rompimento, porque se “ele perder volta ao Senado, mas quem ficar sem o emprego volta para casa”.

Conversa em hotel

Rogério Carvalho vai estar em Aracaju a partir deste final de semana e já amanhã receberá lideranças políticas no Hotel Classic, na praia de Atalaia em Aracaju.

*** Vai falar sobre política sem frescura e a pauta será as eleições estaduais de 2022 e sua possível candidatura. Muitas especulações podem ser desmanchadas.

André com Pereira

O ex-deputado federal André Moura (PSC) esteve mais uma vez com o presidente nacional do Republicanos, deputado Marcos Pereira. Estava com ele Heleno Silva.

*** A conversa fluiu bem e Pereira tem insistido com André para ele filiar-se ao partido e ser o presidente da sigla em Sergipe.

*** Em Brasília, André Moura fez uma visita a Fábio Mitidieri, que se recupera de uma cirurgia simples.

Espera indicação

André Moura ainda não anunciou sua candidatura ao Senado – e nem a deputado federal – porque espera a escolha do pré-candidato a governador.

*** Tem mantido conversas com lideranças políticas e está ouvindo todos os aliados, para adotar posição definitiva mais à frente.

*** André vai iniciar um trabalho mais denso nas redes sociais e participar de lives e vídeos falando de temas que interessam à população.

Convites a Gilmar

O deputado estadual Gilmar Carvalho (sem partido) foi convidado para filiação por quase todos os partidos, inclusive de uma importantíssima legenda.

*** Gilmar tem preterido, por enquanto, “mas chegará o momento de ressurgir”, diz.

Valdevan e patrões

O apresentador do programa Alerta na TV, Luiz Datena – da TV-Bandeirantes – fala sobre o comportamento do deputado federal Valdevan Noventa (PL), como presidente do Sindicato dos motoristas de São Paulo.

*** Coutinho, um dos sindicalistas, acusa que o “Valdevan sempre defendeu os patrões e adota atitudes que prejudicam a classe”.

Não representa categoria

Coutinho disse ainda que “Valdevan não representa a categoria de cobradores e motoristas de São Paulo, apesar de ser cobrador e agora ter passado para motorista”.

*** E mais: “Noventa está há 23 anos na direção do Sindicato. No primeiro mandato foi secretário geral, passou dois anos como tesoureiro e agora como presidente. É um cobrador que tem um aras que vale mais de 9 milhões de reais”.

Entidade responde

O Sindicato dos Cobradores e Motoristas de São Paulo emitiu nota e diz que “vem sendo alvo de denúncias infundadas, proferidas pelo grupo político que ainda não digeriu o resultado das eleições sindicais, que culminaram em sua derrota.”.

*** Conclui lamentando a “postura dos seus opositores que vêm disparando inúmeras mentiras pelas redes sociais e, ainda, liderando ações baderneiras, que denigrem a imagem da entidade e dos profissionais de transporte de São Paulo”.

Valdevan não descarta Senado

O site Universo Político publica matéria sobre Valdevan Noventa e diz que ele não descarta a possibilidade de ser “candidato ao Senado no Grupo Governo ou mesmo numa eventual chapa do PT, em Sergipe”.

*** Valdevan diz que pode haver uma “terceira via em Sergipe” e acrescenta que “vem conversando muito”.

Ação do coronel

O senador Rogério Carvalho (PT) aponta ação central do coronel Élcio Franco no esquema da vacina Covaxin.

*** O senador também destaca que o contrato bilionário cheio de irregularidades não foi finalizado porque a CPI da Covid descobriu a tempo de impedir.

Marcio com Lula

O ex-deputado Marcio Macedo (PT) esteve ontem com o ex-residente Lula: “é sempre uma aula de história e política”, considerou.

*** Durante a conversa, os dois trataram sobre a conjuntura brasileira, a necessidade de combate à “fome que infelizmente voltou ao País”.

*** – Além disso, foi conversado sobre a agenda de Lula pelo Brasil e também pelo Nordeste.

Eliane está à disposição

A vice-governadora Eliane Aquino (PT) diz que colocou o nome à disposição do partido para disputar as eleições de 2022. Pensa em tentar vaga na Câmara Federal.

*** Eliane diz que está havendo um movimento grande para apoio à candidatura do ex-presidente Lula ao Planalto. Ela não acredita na formação de uma terceira via.

Conversas e recesso

Ontem, durante conversa reservada entre alguns parlamentares, um deles disse que jogaria todas as fichas na indicação do deputado federal Fábio Mitidieri ao Governo do Estado.

*** Trataram também da negociação de alguns candidatos a deputado estadual, que já estão fazendo “derrame” de dinheiro na compra de votos.

*** A Câmara fará hoje a última sessão do semestre e retorna do recesso dia 2 de agosto em sessões presenciais. Respeitará quem tiver razões para se manter online.

Um bom bate papo

Ancelmo Góes – ‘Acabou o Supremo ressuscitando politicamente o ex-presidente da República’, diz o ministro Marco Aurélio sobre Lula da Silva (PT).

O Antagonista – Segundo parlamentar, o presidente, que sofre de obstrução intestinal, acordou da sedação durante o voo que o trouxe de Brasília e estava consciente.

Xico Sá – Painel: PF apreende bolsa de dinheiro durante operação contra delegado apoiado por Bolsonaro em 2020.

Renzo Moura – Não vou falar nada sobre a saúde de Bolsonaro. Não tenho a menor simpatia por ele e correria o risco de repetir as grossuras que ele cometeu contra as vítimas da Covid.

Revista Fórum – Cristiano Carvalho, que tem depoimento previsto para hoje, terá o direito de não responder questões que poderão servir de prova contra ele.

CNN Brasil – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciou ontem que a CPI da Pandemia será prorrogada por mais 90 dias.

O Antagonista – Crianças ficaram desprotegidas contra sarampo, difteria, tétano e coqueluche, inclusive no Brasil.

Renzo Mora – Mourão mandou um recado claro: se não me querem como vice na normalidade, não vou assumir no susto. E foi para Angola participar de uma reunião absolutamente inútil.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Seduc convoca professores substitutos para atuarem no retorno presencial
Policiais rodoviários federais apreendem 30 quilos de haxixe na BR-101, no município de Umbaúba
Prefeitura de Salgado anuncia parceria com Grupo Madero
Sergas doa à comunidade do Conjunto Augusto Franco dois abrigos para ponto de ônibus