Aracaju, 5 de agosto de 2021

Senador Alessandro Vieira vai ao STF contra aumento o do Fundo Eleitoral

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) e mais seis parlamentares entraram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar anular as votações ocorridas, na última quinta-feira (15), no âmbito da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022, e proibir o aumento no Fundo Eleitoral, que passou de R$ 1,7 bilhões (2018) para escandalosos R$ 5,7 bilhões.

Cinco dos 11 deputados federais e senadores de Sergipe votaram favoráveis ao aumento do chamado “Fundão”. Alessandro Vieira e os seis deputados federais revelam que a minoria dos parlamentares não foi ouvida.

O mandado de segurança é assinado pelos deputados federais Adriana Ventura (Novo-SP), Daniel Coelho (Cidadania-PE), Felipe Rigoni (PSB-ES), Tabata Amaral (PDT-SP, foto acima), Tiago Mitraud (Novo-MG) e Vinicius Poit (Novo-SP), além do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE)

Fundão

O “fundão” foi criado em 2017 para financiar as campanhas eleitorais depois que o STF proibiu as doações de empresas. O processo foi aberto pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), para quem o financiamento de campanha por pessoas jurídicas violava o principio de igualdade política, uma vez que pessoas com menos recursos não tinham como competir o volume de doações de empresas.

Veja como a bancada sergipana votou no Fundo Eleitoral:

Senadores

Alessandro Vieira (Cidadania) – NÃO

Maria do Carmo Alves (DEM) – SIM

Rogério Carvalho (PT) – NÃO

Deputados federais

Bosco Costa (PL-SE) – SIM

Fábio Henrique (PDT-SE) – NÃO

Fábio Mitidieri (PSD-SE) – AUSENTE

Fabio Reis (MDB-SE) – SIM

Gustinho Ribeiro (Solidariedade-SE) – SIM

João Daniel (PT-SE) – NÃO

Laercio Oliveira (PP-SE) – SIM

Valdevan Noventa (PL-SE) – AUSENTE

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Deputado Talysson cobra ponto de ônibus coberto em N. Srª Aparecida
Aprovado na Alese o pedido de regularidade de abastecimento de água em Muribeca
Deputada solicita isenção de tarifas em transportes coletivos em Aracaju
Ipesaúde inclui cirurgião torácico em seu leque de especialidades