Aracaju, 22 de setembro de 2021

Fábio Henrique quer regularizar a situação das queijarias sergipanas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

As pequenas queijarias do sertão sergipano estão sem conseguir legalizar suas empresas para atender às novas exigências sanitárias. Na última segunda (26), o deputado federal Fábio Henrique (PDT/SE) conseguiu articular uma reunião entre os donos das pequenas queijarias, a Secretaria de Agricultura de Glória e técnicos do Banco do Nordeste, na sede da Associação das Queijarias de Sergipe, em Nossa Senhora da Glória.

Um dos principais problemas para os pequenos empresários é a falta de crédito bancário para ampliar e modernizar as queijarias. “Os pequenos queijeiros querem regular suas empresas, mas para isso precisam de recursos financeiros e estamos procurando instituições bancárias e formas de facilitar o crédito para eles. São empresas que fazem circular a economia na região e geram centenas de empregos”, destacou o deputado Fábio Henrique.

A fabricação de queijos é uma atividade que abrange os municípios de Nossa Senhora da Glória, Gararu, Feira Nova, Porto da Folha, Poço Redondo, Monte Alegre, entre outros. “O que não pode acontecer mais é desses pequenos empresários serem tratados como foram anteriormente nas fiscalizações: com ações policiais e uso de forças armadas, como se fossem bandidos. Eles são trabalhadores, geram empregos, renda e promovem o desenvolvimento no sertão sergipano”, defendeu o deputado.

Fábio Henrique lembrou que essas pequenas queijarias são responsáveis pela compra de 600 mil litros de leite por dia dos produtores rurais, fazendo com que o dinheiro circule em uma região que passa por muitas dificuldades. De acordo com a Secretaria de Agricultura de Nossa Senhora da Glória, o município possui 264 pequenas queijarias e são mais de 400 em toda a região. O gerente Edson Luis e a equipe técnica do Banco do Nordeste em Glória explicaram às exigências da legislação para que essas pequenas queijarias tenham acesso a crédito bancário. Eles representaram o superintendente Antônio César de Santana e se comprometeram em estudar os casos e tentar encontrar soluções.

Por Henrique Matos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Alese promove curso sobre Processo Legislativo
22 de setembro é o Dia Estadual de Prevenção ao Uso de Drogas
PC divulga identificação do autor dos disparos contra delegado Marcelo Hercos
EdTechs, o presente da educação, escreve Joaldo Diniz