Aracaju, 22 de setembro de 2021

Operação da PC desarticula grupo que traficava drogas em Nossa Senhora da Glória

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória deflagrou a Operação Reincidência com o objetivo de prender integrantes de uma associação criminosa voltada para o tráfico de drogas no município. A ação policial, que ocorreu no final da tarde dessa quinta-feira (29), resultou nas prisões de Ellen Andrielle Guimarães Lopes, Lenilson Santos Neto e dos irmãos José Edson Pereira e Edna Fernanda Santos Pereira. Durante a operação, também foi apreendido um adolescente com uma espingarda de calibre 20.

Segundo o delegado regional Jorge Eduardo, as investigações duraram cerca de três semanas e obtiveram informações de que o tráfico de drogas ocorria na região conhecida como Alto da Glória. “O crime estaria sendo praticado pelos irmãos Edson e Edna. Eles compravam os entorpecentes em Aracaju e faziam a distribuição na região”, revelou.

De acordo com a delegada Vanessa Feitosa, diante desse modo de atuação do grupo criminoso, foi deflagrada a operação que resultou nas prisões dessa quinta-feira. “Assim foi montada a operação para a colheita de indícios de que Ellen teria ido a Aracaju e recebido cocaína, pagando a quantia de R$ 2 mil e trazendo para Nossa Senhora da Glória, entregando para Lenilson, que faria a entrega para os irmãos Edna e Edson”, detalhou.

“Os investigadores montaram campanhas e observaram Ellen e Lenilson se comunicando, repassando os entorpecentes e se dirigindo para a residência em que estavam os irmãos Edson e Edna, quando a operação foi deflagrada e todos foram presos, com apoio da da Companhia Independente de Operações e Policiamento em Área de Caatinga (Ciopac)”, complementou a delegada Vanessa Feitosa.

Os Autos de Prisão em Flagrante foram lavrados e todos já foram encaminhados para Aracaju para realização de audiência de custódia. A Polícia Civil orienta que informações sobre tráfico de drogas e outros delitos podem ser sigilosamente encaminhadas por meio da ferramenta Disque-Denúncia (181).

Fonte e foto SSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Tribunal de Contas de Sergipe aprova legalidade em concurso da Alese
Vitória das Mulheres! Linda Brasil aprova seu primeiro PL e machismo será discutido nas escolas
CONIVALES celebra quatro anos de fundação levando serviços de saúde a 43 municípios sergipanos
Adepol emite nota após tentativa de homicídio contra delegado