Aracaju, 24 de setembro de 2021

Sarau no Coreto de Monte Alegre de Sergipe chega ao seu 4º Aniversário

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na manhã deste sábado, os organizadores do Sarau no Coreto, Monte Alegre de Sergipe, e a população festejaram o 4º Aniversário do Sarau no Coreto. O Sarau iniciou de maneira singela, 2015, mas com o passar do tempo foi conquistando o olhar da população, a qual abraçou de um modo afetivo que só possibilita o sentimento de GRATIDÃO a todos e todas envolvidos (as). Hoje, é Patrimônio Cultural e Imaterial do município através da Lei nº 44/2018.

Poderia ter sido uma grandiosa festa, mas desde março de 2020 a população encontra-se em isolamento social, devido ao COVID-19. O Sarau, diante deste cenário, teve que se adaptar, assim, as edições passaram a ser realizadas através do Instagram, e, em seguida, sala virtual do Google Meet. O importante é que não houve uma parada, porque correria o risco de cair no esquecimento.

Nesse período, foram realizados dois concursos de fotografia, um em novembro, quando os (as) monte-alegrenses enviaram fotografias de algum lugar do município em comemoração aos 67 anos de Emancipação Política. O resultado foi excelente. As fotografias estão sendo organizadas para constituírem uma exposição itinerante que será exposta nas escolas situadas na sede e na zona rural do município. O intuito é educar o olhar das crianças e jovens em prol da arte.

O outro concurso foi feito em junho deste ano quando receberam fotografias que representavam algum momento junino vivido por cidadãos/cidadãs no município. Ao longo desse último ano, foram discutidas várias temáticas importantes e que fazem parte do contexto social, tais como: Bicentenário de Sergipe, a terceira idade, a contação de história no fortalecimento do ato de ler, a essência festiva do Natal, caminhos da escrita, vidas negras importam: racismo, não!, a causa animal, a invisibilidade dos povos indígenas. O Sarau foi agraciado com o Prêmio Destaque Cultura Sergipe 2020 e passou a integrar o Intercâmbio Cultural da Sergipanidade.

Além disso, foi contemplado com recurso da Lei Aldir Blanc através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo e da Prefeitura Municipal de Monte Alegre de Sergipe. O recurso foi usado para a compra de duas caixas e uma mesa de som e microfones. Em contrapartida, tem o dever de desenvolver ações que envolvam crianças e jovens no universo das manifestações culturais.

Não só de alegria se vive. O Sarau perdeu um dos seus grandes apoiadores, o inesquecível Marcão. Ele sempre aparecia com um poema e o seu sorriso no rosto. Será sempre lembrado por todos (as) que o conheceram.

O 4º aniversário foi festejado no ritmo do cavaquinho de seu Zuza e Banda Forró Alegre, da moda de viola de seu Humberto Barreto e na caminhada do cordel “Forró Alegre” encenado por membros do grupo teatral “Foi por você” (Antônio José, Letícia, Rafael e Robson). Seguindo as orientações dos órgãos de saúde. Assim, houve a disponibilização de álcool gel, uma profissional da área de saúde aferindo a temperatura, uso de máscara e o distanciamento.

Nesta edição, foi entregue o “Prêmio Amigo do Sarau” a três cidadãos HUMBERTO BARRETO, JOSÉ ALVES FERRO (ZUZA) e JOSÉ MACHADO DE GOIS (ZÉ MACHADO) pelo reconhecimento do apoio deles ao projeto, pois sempre estão de braços abertos para este espaço plural.

Na ocasião, ocorreu o sorteio da rifa de um fogão, ferro elétrico e um kit literário em prol das ações do projeto. Os ganhadores, respectivamente, foram Domingos Pascoal, Graça Melo e Marcos Sousa. O fogão foi uma doação do professor Jair Mendonça.

O evento contou com a presença da Prefeita Municipal, Marinez Pereira, do vice-prefeito, Luiz Antônio, do vereador, Robson Soares, do Secretário Geral, Luciano Lino, do Secretário Adjunto da Secretária Municipal de Saúde, Evandro Silva, da representante da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Inês Martins, do ex-vereador, Acrísio Pereira, do ex-vice-prefeito Luzivaldo e da população monte-alegrense.

A missão do Sarau no Coreto é fortalecer, preservar, estimular e divulgar as manifestações culturais de Monte Alegre de Sergipe, mas para isso é preciso do apoio de cada cidadão/cidadã, porque o Sarau é de cada monte-alegrense.

Vida longa ao Sarau!

Carlos Alexandre Nascimento Aragão

Idealizador do Sarau no Coreto

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Hospital Cirurgia realiza ação de incentivo à doação de órgãos
Prefeitura de Aracaju pagará salários dos servidores nesta segunda-feira, 27
Oficiais e praças do CBMSE recebem medalhas do centenário da corporação
PL de Talysson institui obrigatoriedade de atendimento em pavimento térreo a idosos