Aracaju, 26 de setembro de 2021

Direita Sergipana, PTB, JTCC e outros movimentos se unem em manifestação pelo voto impresso auditável

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

No último domingo, 01, milhares de brasileiros, espalhados em diversos Estados do país, foram às ruas manifestar o interesse pelo voto impresso auditável para as próximas eleições. Em Sergipe, o ato foi comandado pelo Direita Sergipana e recebeu o apoio do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), da Juventude Trabalhista Cristã Conservadora (JTCC) e de outros movimentos direitistas, por meio de uma grande ‘motocarreata’ que percorreu às ruas de Aracaju.

A ação que iniciou às 14 horas, próximo aos Arcos da Orla da Atalaia, seguiu até o Calçadão da Praia Formosa, terminando aproximadamente às 18 horas. Durante todo o trajeto, foi notório a grande quantidade de pessoas que carregavam a bandeira do Brasil, cantavam o hino nacional e clamavam por uma democracia mais segura.

Satisfeitos com a quantidade de sergipanos que querem o voto impresso auditável e que compareceram na grande manifestação, os organizadores comemoraram o resultado. “Hoje foi gigante! Sergipe mostrou sua força e mandou o seu recado. Obrigado a todos que colaboraram para que esse momento pudesse ser realizado. Que venha os próximos”, publicou a Direita Sergipana.

O presidente estadual do PTB em Sergipe, Rodrigo Valadares, também demonstrou satisfação com o ato. No Estado, o parlamentar é um dos defensores assíduos da causa e tem, cada dia mais, fomentado o debate no Estado sobre o assunto, a fim de integralizar toda a população sobre a “nova” forma de voto.

“Se nós temos mecanismos para fortalecer a nossa democracia e garantir a lisura do processo eleitoral, que seja feito. O voto impresso auditável é você votar na mesma urna, a diferença é que terá a emissão do comprovante do seu voto, que você vê, confirma e ele cai em uma urna separada, para conferir depois. Não é votar em cédula e nem voltar no tempo dos dinossauros”, explica.

O presidente Jair Bolsonaro acompanhou as manifestações à distância e ressaltou que as eleições apenas serão democráticas de verdade se houver a contagem pública dos votos. Além disso, parabenizou os brasileiros pela grande ação por todo o país.

Voto Impresso Auditável

Já passaram-se 25 anos que a urna eletrônica tem sido utilizada no Brasil. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro acusou o modelo de não ser 100% confiável e como alternativa, visando assegurar a democracia, apresentou a ideia do voto impresso auditável.

Seguindo essa forma, os números que cada eleitor digitar na urna eletrônica serão impressos e esses papéis serão depositados automaticamente em uma urna de acrílico. Caso haja acusação de fraude no sistema eletrônico, os votos em papel serão apurados manualmente e o resultado será comprovado.

A pauta já tem sido abordada no Congresso Nacional, através da PEC 135/2019, redigida pela deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) e relatada pelo deputado Filipe Barros (PSL-PR), aguardando ser aprovada na Câmara e depois no Senado.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que é o responsável pela organização das votações brasileiras, não tem ficado contente com a nova alternativa de voto e nega que exista vulnerabilidade no sistema eletrônico. Já pesquisas realizadas pelo Instituto MDA, por encomenda da Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra que 58% dos brasileiros são favoráveis ao voto impresso auditável.

Nesse sentido, buscando a certeza da confiabilidade, Bolsonaro deixa o seu questionamento: “O que é o voto democrático? Você precisa ter certeza em quem votou e de que o voto foi para aquela pessoa. Estão contra por que?”.

Por assessoria de imprensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF
Fábio Reis assina ordem de serviço para pavimentar povoado