Aracaju, 26 de setembro de 2021

João Daniel presta apoio a trabalhadores dos Correios

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O deputado federal João Daniel (PT/SE) declarou total apoio e solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras dos Correios do Brasil diante da ofensiva do governo federal. Em discurso na sessão da Câmara Federal nesta terça-feira, dia 3, na reabertura dos trabalhos legislativos, o parlamentar afirmou que a ofensiva feita pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, na noite de segunda-feira, em cadeia nacional, é uma afronta, mentirosa e fake news.

“O ministro das Comunicações estava e está a serviço das grandes empresas e do setor financeiro, que querem uma empresa lucrativa para jogar os trabalhadores e as trabalhadoras dos Correios nas demissões, para serem mais uma grande massa de desempregados. Não vai levar a lugar nenhum os Correios. É mentira! Por isso, nosso total apoio à luta em defesa dos Correios, contra as privatizações e em favor das empresas estatais e o nosso repúdio ao ministro das Comunicações, que representou, lamentavelmente, esse Governo desastroso que é o Governo Bolsonaro”, afirmou João Daniel.

Providências contra ataques

Durante seu pronunciamento, o deputado falou da sua satisfação de ver, pela primeira vez, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), depois de tantas ameaças, tomar providências contra as declarações mentirosas, atacando o sistema eleitoral Brasileiro. Para João Daniel, se o TSE não tomar as providências, ele estará reconhecendo que há falcatruas, que há problemas nas eleições e nas urnas eletrônicas.

“Não é possível deixar uma pessoa como Bolsonaro — que não passa de um miliciano que se apoderou, neste país, do Palácio do Planalto, graças ao apoio de partes do Judiciário, ao apoio de partes de todo o sistema e da elite brasileira, que impediu Lula de ser candidato — voltar a ser presidente da República”, declarou.

João Daniel acrescentou que é preciso que o presidente da Câmara, Arthur Lira, tenha respeito ao papel da Câmara dos Deputados e coloque em pauta o processo de impeachment. “Nós precisamos afastar esse que não ama a democracia, esse que destrói as empresas estatais, esse que vem fazendo mal a todo o Brasil. Minha solidariedade aos trabalhadores dos Correios. Meu reconhecimento ao TSE por ter tomado encaminhamentos. Agora cabe agora ao Congresso e à Câmara tomar medidas imediatas sobre o afastamento e o impeachment de Bolsonaro”, frisou.

Por Edjane Oliveira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe recebeu neste sábado 10.250 doses de vacina contra covid-19, da AstraZeneca
Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF