Aracaju, 26 de setembro de 2021

Comércio deve movimentar 30 milhões de reais no Dia dos Pais, diz Fecomércio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Ao contrário do ano de 2020, o Dia dos Pais deverá movimentar de forma considerável o comércio varejista sergipano. O indicativo foi levantado pela assessoria executiva do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, após estudar os números de estimativa de vendas do varejo divulgados pela Confederação Nacional do Comércio (CNC). A expectativa é que as empresas do comércio sergipano, segundo a análise da assessoria executiva, devam movimentar cerca de 30 milhões de reais em compras no período específico.

O Dia dos Pais é a quinta melhor data do calendário anual para o comércio sergipano. Neste ano, com a diminuição dos problemas decorrentes da pandemia da COVID-19, há a expectativa de elevação das vendas em relação a 2020, quando no mesmo período as atividades econômicas comerciais estavam retomando seu funcionamento. Há uma expectativa de crescimento do volume de vendas em até 7% diante do ano anterior. O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Laércio Oliveira, comentou a expectativa de vendas para o dia dos pais a ser comemorado no próximo domingo.

“Estamos com uma boa perspectiva de vendas nas lojas do comércio. No ano passado, houve uma redução por causa da pandemia, e muitas pessoas ainda não estavam se sentindo seguras para ir ao comércio fazer compras de presentes para seus pais. Entretanto, nos últimos meses, o comércio tem apresentado uma recuperação considerável nas vendas, diante do ano de 2020, chegando a empatar a conta ou superar levemente o ano de 2019. E esse reflexo é sentido quando vemos que o comércio está recuperando postos de trabalho perdidos no ano passado. Então, acreditamos que haverá esse crescimento importante nas vendas, de até 7% e essa movimentação direcionada para a compra de presentes do Dia dos Pais, em cerca de 30 milhões de reais inseridos em nossa economia comercial”, afirmou Laércio Oliveira.

Os itens que mais deverão ser comprados pelos consumidores são roupas e calçados, eletroeletrônicos, celulares, perfumes e cosméticos e bebidas alcóolicas mais refinadas, a exemplo de vinhos e licores. O estudo realizado pela assessoria executiva também indica que os empresários do comércio reouveram sua confiança na melhoria das vendas para o Dia dos Pais.

Fonte Fecomércio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe recebeu neste sábado 10.250 doses de vacina contra covid-19, da AstraZeneca
Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF