Aracaju, 19 de setembro de 2021

Conselho de Psicologia promove ações em alusão ao ‘Mês da Visibilidade Lésbica’

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe – CRP19, por meio do Grupo de Grupo de Trabalho (GT) em Gênero e Diversidade Sexual promove minicursos, totalmente gratuitos e com emissão de certificado, em alusão ao Mês da Visibilidade Lésbica.

“Foram escolhidos temas pertinentes e atuais às pautas lésbicas. Queremos muito a presença de todes. Teremos nomes da psicologia e outras áreas contribuindo voluntariamente”, explica a Conselheira Camila Mireli Calaça de Sá (CRP 19/3335),  uma das coordenadoras do GT Gênero e Diversidade Sexual.

O primeiro minicurso, marcado para esta quinta-feira, 05 de agosto, às 20h, vai abordar “A Violência e o sofrimento psíquico no contexto familiar das mulheres lésbicas”.

“O tema foi sugerido em reunião com o GT de Saúde Mental e Gt Relações Interétnicas. Pensando que as mulheres lésbicas passam pelo crivo do machismo, misoginia e lesbofobia, além do racismo e classismo, se viu necessário abordar transversalmente os diversos fatores que afetam a saúde mental das mulheres lésbicas, juntamente com esses recortes”, informa Calaça.

O minicurso será estruturado a partir da teoria e da vivência de mulheres que percebem e vivenciam violências estruturais, mas que buscam estratégias de enfrentamento à lesbofobia em seus lares e fora deles também. As convidadas são as psicólogas sergipanas, Hanna Barbara de A. Barbosa – CRP 03/22020 | 19/IS 126, psicóloga da Proteção Social Especial, Especialista em Psicologia e Sexualidade e Mestranda da UFS, desenvolvendo trabalhos sobre parentalidade homoafetiva e psicologia perinatal e Dayanne Souza Figueiredo (CRP 19/2392 – Psicóloga Clínica, professora universitária,  membra da Comissão de Direitos Humanos do CRP19,  Pós Graduada em Neuropsicologia e psicologia jurídica e Mestra em Psicologia Social – UFS.

Para fazer inscrição basta acessar o link na bio @gt_generoesexualidades. São 50 vagas.

Outros três encontros em ambiente virtual estão confirmados. Na quarta-feira, 11, o tema será “Maternidade lésbica”. No dia 17, terça-feira, o debate será sobre “Vivência das mulheres lésbicas negras: entre a solidão e os afetos” e no encerramento das atividades, dia 23 de agosto, a abordagem será sobre “Representatividade lésbica na Psicologia”.

Além dos debates, a iniciativa do Mês da Visibilidade Lésbica, que conta com o apoio da Comissão de Direitos Humanos do CRP por meio dos GT´s Relações Interétnicas e de Saúde Mental, abre espaço para solidariedade. Em uma ação voluntária, os participantes podem doar alimentos e produtos de higiene que serão entregues ao Coletivo Nós – Coletivo de Mulheres Antiproibicionista de Sergipe, que ajudará mulheres em estado de vulnerabilidade social.

Assessoria de Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Unica/SE:existem ordem do Comando da PM ou SSP para que CIOSP prevarique ou a ordem do Diretor?
Sergipe receberá mais de 64 mil vacinas contra Covid-19
Prefeitura em Ação é realizado no Povoado Mata do Peru
Jovem é presa suspeita de tráfico de drogas no bairro Olaria