Aracaju, 22 de setembro de 2021

Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência aprova concessão de Selo Ouro para o CER IV

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades aprovou na reunião ordinária desta quinta-feira, 05, a concessão do Selo de Acessibilidade Sergipano, modalidade Ouro, para o Centro Especializado em Reabilitação José Leonel Ferreira Aquino (CER IV), primeiro órgão público de Sergipe a ser agraciado na categoria máxima. O selo é o reconhecimento do conselho e entidades parceiras como Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça, Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe e Governo do Estado a organismos públicos e privados que promovem acessibilidade segundo a legislação.

A aprovação da honraria se deu ao fim da exposição sobre o CER IV, feita pela coordenadora da unidade, Sayonara Carvalho. “Receber o reconhecimento do conselho é um mérito do governo do Estado e da gestão da Secretaria de Estado da Saúde, que construíram um projeto ambicioso tanto na parte clínica, quanto técnica e arquitetônica para responder bem às necessidades das pessoas com deficiência do nosso Estado. O CER IV faz parte da Rede Viver Sem Limites do Ministério da Saúde e sua relevância para o SUS denota o quanto se faz necessário a abertura e seu pleno funcionamento”, disse.

O presidente do Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades, Antônio Luiz dos Santos, salientou que o CER IV atende a todas as determinações da legislação sobre acessibilidade, inclusive a NBR 9950 da Associação Brasileira de Normas Técnicas, órgão do governo federal. “Estamos em grande expectativa para a inauguração do CER IV, sabendo que há mais de meio milhão de pessoas com deficiência no Estado, segundo o Censo de 2010, e que muitas delas precisam de reabilitação com qualidade”, declarou.

Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e conselheiro estadual, Roque Hudson da Fonseca Hora, o momento é de grande alegria. “A partir da inauguração teremos a certeza que as pessoas com deficientes da capital e do Estado terão atendimento bom, construtivo, de recuperação e reabilitação”, enfatizou.

Foto: Flávia Pacheco

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Câmara Municipal de Aracaju aprova 17 proposituras nesta quarta-feira
Senar Sergipe abre inscrições para o curso de frangos e galinhas
Região Nordeste registra etanol mais caro do País nos primeiros dias do mês, aponta Ticket Log
Em nota, SSP diz que o delegado Marcelo Hercos permanece em estado grave, intubado e sedado