Aracaju, 19 de setembro de 2021

Profissões do futuro: áreas em alta foram impulsionadas pela pandemia, dizem especialistas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Disseminação do coronavírus fez o ‘futuro’ chegar mais cedo para profissões ligadas à ciência e tecnologia

Áreas impulsionadas pela pandemia assistem à uma aceleração das profissões antes consideradas como ‘do futuro’ por especialistas em mercado de trabalho. Esse processo, que acontece em um ritmo acelerado, fez projeções feitas para ocorrerem nos próximos 10, 20 anos, se tornarem uma realidade já nos tempos atuais, principalmente, para atividades relacionadas à ciência e tecnologia.

Neste cenário das profissões do futuro, a telemedicina, a engenharia de inteligência artificial, funções como cientista de dados, e profissionais especialistas em satisfação ou sucesso do cliente e transformação digital, estão entre as que mais se destacam. Em comum entre elas, está essa aceleração do que ocorreria somente em um futuro próximo, ou seja, impulsionadas pelas necessidades impostas pela Covid-19, essas profissões viram o ‘futuro’ chegar mais cedo.

Para o professor de cursos voltados à Tecnologia da Unit Sergipe, Fábio Santos, o ritmo acelerado dessa transformação tem criado oportunidades no mercado de trabalho e novas possibilidades para profissionais especializados.

“Áreas que unem tecnologia e saúde, tecnologia propriamente dita, estão entre as mais promissoras e as que acumulam grande parte dessas profissões ditas como do ‘futuro’. No entanto, esse processo foi acelerado por causa da pandemia e podemos dizer que o ‘futuro’ literalmente chegou mais cedo, como por exemplo para a profissão de cientista de dados, que já despontava antes da pandemia e que agora foi consolidada. Essa área é voltada para quem tem o perfil mais analítico e matemático, e que através dos conhecimentos em tecnologia, analisa dados, além de fazer projeções para empresas”, destaca ele.

Entre as apostas para o período pós-pandemia estão profissões ligadas a ‘healthcare’ (assistência médica), que com o passar dos anos, está ainda mais alinhada às tecnologias, figurando assim entre as projeções de profissões do futuro.“Durante a pandemia, podemos observar o desenvolvimento de serviços prestados à distância, atendimentos de saúde, entre outros, que evidenciam as apostas que à referida área devem crescer ainda mais no período pós-pandemia”, enfatizou o professor.

Assessoria de Imprens

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe receberá mais de 64 mil vacinas contra Covid-19
Prefeitura em Ação é realizado no Povoado Mata do Peru
Jovem é presa suspeita de tráfico de drogas no bairro Olaria
VacinAju: confira a programação da repescagem e dose de reforço do fim de semana