Aracaju, 21 de setembro de 2021

Aracaju vacinará população de 23 e 24 anos e retomará repescagem para pessoas com 56 e 57 anos de idade

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Aracaju avançará na vacinação contra a covid-19 e imunizará, a partir desta terça-feira, 10, a população geral de 23 e 24 anos. Nesta nova fase, também haverá repescagem para os cidadãos de 56 e 57 anos que não puderam receber a primeira dose nas datas destinadas para suas faixas etárias. Assim como nas etapas anteriores, o público-alvo poderá se dirigir aos drive-thrus do Parque da Sementeira e 28º Batalhão de Caçadores, após cadastro no portal “Vacinaju”, ou aos seis pontos fixos. Para repescagem, além dos postos itinerantes, serão ofertados dois pontos fixos. Até o momento, a capital sergipana vacinou 364.364 pessoas, representando 54,79% da população total e 70,9% da adulta.

“Hoje o nosso anúncio vem com duas boas notícias: o avanço da vacinação com a inclusão das pessoas de 23 e 24 anos e a retomada da repescagem, agora por faixa etária, iniciando pelas pessoas de 56 e 57 anos. Com a chegada de novas doses, a partir de amanhã e na quarta-feira, a imunização acontece para quem tem 24 anos. Já na quinta e na sexta, será a vez das pessoas de 23 anos. No final de semana, a Prefeitura retoma a repescagem, por faixa etária. E será necessário realizar um cadastro”, destacou o prefeito ao anunciar a atualização do calendário municipal nesta segunda-feira, 9.

Desta forma, os aracajuanos de 24 anos recebem a primeira dose da vacina nos dias 10 e 11, terça e quarta-feira. Já os cidadãos que possuem 23 anos, serão imunizados na quinta e sexta-feira, dias 12 e 13. Para ter acesso ao imunizante, é obrigatório apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência de Aracaju no nome da pessoa ou dos pais, com data dos últimos seis meses.

O público alvo desta etapa da vacinação poderá optar por um dos seis pontos fixos, das 8h às 16h: Shopping Riomar (Coroa do Meio), Aracaju Parque e Shopping (Bairro Industrial), Universidade Tiradentes (Farolândia), Estação Cidadania (Bugio), Externato São Francisco de Assis (Suíssa) e Uninassau (avenida Augusto Franco).  Além disso, há os dois drive-thrus, que funcionam das 8h às 17h: no Parque da Sementeira e no 28º Batalhão de Caçadores. Para ser imunizado nestes locais, a pessoa deve se cadastrar no “VacinAju” e aguardar o recebimento do código de autorização.

Repescagem

Já as pessoas que se vacinarão na repescagem – população de 56 e 57 anos completos -, poderão ter acesso ao imunizante nos dias 14 e 15 de agosto, sábado e domingo, nos seguintes pontos, das 8h às 16h: Universidade Tiradentes (Farolândia) e Estação Cidadania (Bugio).  Também será possível receber a vacina  nos drive-thrus da Sementeira e 28º Batalhão de Caçadores, das 8h às 17h.

Para se vacinar na repescagem, é necessário se cadastrar no portal “VacinAju” tanto quem optar pelos drive-thrus quanto quem for a um dos dois pontos fixos. Se o cidadão já se cadastrou e já recebeu o seu código, basta aguardar o próximo final de semana e se dirigir a um dos locais. Caso não tenha feito o cadastro, é obrigatório que realize sua inscrição no portal.

O usuário deverá acompanhar a liberação do código, com o número do CPF e, após autorização, poderá se dirigir a um dos postos, munido do código, documento de identificação com foto e comprovante de residência de Aracaju, em nome da pessoa.

Para aqueles que não têm acesso à internet e ou que encontrem dificuldade no Portal da Vacina, a solicitação do cadastro poderá ser feita em uma  Unidade Básica de Saúde. Já os cidadãos que fizeram o pedido de agendamento através do email, devem aguardar a resposta.

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

MPF/SE abre recrutamento para ocupar função de confiança
Polícia Civil prende homem investigado por fraude ao DPVAT com prejuízo de mais de R$ 81 mil
Manuel Marcos destaca importância do Plano Diretor de Aracaju
HNSC promove palestra sobre Setembro Amarelo a servidores e pacientes