Aracaju, 19 de setembro de 2021

Semana da Juventude é destaque em sessão na Câmara de Umbaúba

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Reunidos para a realização da 29° Sessão Ordinária de 2021, os vereadores de Umbaúba votaram o Projeto de Lei (PL) n° 19/2021 de autoria do Poder Executivo. Na pauta do dia, a juventude umbaubense foi destaque.

Em 1ª e 2ª discussão foi colocado em pauta o PL n° 19/2021, de autoria do Poder Executivo que, concede reajuste de vencimentos aos servidores do magistério público municipal, para o fim específico de atualização ao piso salarial profissional nacional dos profissionais do Magistério Público da educação básica, nos termos em que preceitua a Lei Federal n° 11.738/2008. O projeto foi aprovado por unanimidade.

Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Juventude, onde o principal objetivo é focar na educação e conscientização dos jovens sobre a responsabilidade que assumem como representantes do futuro, o presidente da Casa, Gutto Prado (MDB), apresentou ações que foram realizadas pela Casa em prol da juventude umbaubense. “Funcionamos aqui, a Casa da Juventude. Nós fomos a primeira câmara de vereadores do Estado a ter esse instituto. Recebemos doações de computadores e impressoras da SEDETEC e, se não me falha a memória, nós formamos aqui mais de 700 alunos. Dos vários cursos ofertados, tivemos por exemplo, o de doces e salgados, informática básica, inglês e espanhol”, destacou.

Gutto aproveitou a oportunidade e explicou os passos do projeto, depois que saiu da competência da Câmara. “Em 2017, no intuito de ampliar mais, porque o espaço não condizia mais com a proporção do projeto, nós acabamos enviando ao Município. Dessa forma, a Prefeitura ficou responsável pelos cursos”, explicou.

Complementando o discurso do colega, Moisés Augustinho (CIDADANIA) destacou o quão importante é o desenvolvimento de políticas públicas para os jovens. “Não tenho dúvidas, que atividades como essas são muito importantes para a juventude. Todos aqui praticamente já são pais e sabem o quanto é difícil você bancar a profissionalização dos filhos, principalmente, para as famílias que têm baixa renda. Então, quando o poder público começa a ofertar cursos profissionalizantes ou fazem parcerias é muito importante no desenvolvimento dos nossos jovens, são ações positivas, frente ao que o mundo proporciona de coisas negativas” frisou.

Texto e Foto: Ascom/CMU

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mulher é presa em flagrante pelo Denarc com centenas de munições, fuzil e drogas
Prefeitura realiza quarta edição especial do Programa Praia Limpa
Semana Acessibilidade terá roda de conversa e entrega Troféu
Bricelets: herança das freiras que viveram em clausura no convento