Aracaju, 21 de setembro de 2021

Deputados rejeitam emenda de Georgeo e algumas cidades ficam fora do Mão Amiga

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) lamentou a rejeição da emenda que ele apresentou ao PL 180/2021, do Governo que institui o Programa Mão Amiga – Pró-Sertão Bacia Leiteira no território do Alto Sertão. A propositura de Georgeo que foi rejeitada durante a votação que aconteceu nesta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), tinha o objetivo de ampliar a cobertura do Mão Amiga também para o Médio Sertão.

“Não entendi o motivo dos colegas rejeitarem a emenda. O nosso objetivo era não dividir o sertão sergipano. Sabemos que todos que moram na região passam por sérias dificuldades. Entendo que estamos ajudando os municípios do Alto Sertão, mas nós poderíamos ter feito um esforço maior e beneficiarmos Feira Nova, Graccho Cardoso, Aquidabã, Itabi, Cumbe, Nossa Senhora de Lourdes e Nossa Senhora das Dores que fazem parte do Médio Sertão”.

Para Georgeo, o Governo não teria dificuldade para contemplar os outros municípios do sertão, já que os recursos serão oriundos do Fundo de Combate à Pobreza. “Nós sabemos que o Fundo Combate à Pobreza, que é quem vai pagar esta conta, tem um saldo considerável. Todo mês entra receita nova. Atualmente, o fundo tem em caixa mais de R$ 70 milhões e não seria R$ 1 milhão a mais que iria comprometer o pagamento do benefício”.

Além dos recursos que tem no caixa do Fundo de Combate à Pobreza, a arrecadação do Estado também aumentou muito se compararmos ao ano passado. Tivemos aumento no FPE e ICMS. Neste caso, não haveria dificuldades ou uma situação embaraçosa já que o orçamento a gente tem e o financeiro a gente também tem. Na verdade, é uma decisão política da Casa, talvez por sermos da bancada de Oposição. Dinheiro tem, o que falta é vontade”.

Georgeo disse ainda que espera que o Governo não esqueça dos outros municípios do sertão e que em breve estas cidades também possam ser beneficiadas. “Esperamos que o governador não deixe estas cidades que também fazem parte do sertão sergipano, esquecidas e que em breve elas possam ser contempladas com o Mão Amiga, afinal o momento é bastante delicado e os produtores do sertão merecem uma atenção especial”.

Foto: Jadilson Simões

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe sem óbito por Covid nesta segunda e 32 novos casos
Aumento expressivos de assaltos, uso e tráfico de drogas na praia da Cinelândia em Aracaju
Juma de ‘Pantanal’: Alanis Guillen revela reação à notícia, detalha preparação
Juliette revela temor no ‘BBB21’: ‘O impulso inicial é devorar, julgar, e isso me dava medo’