Aracaju, 27 de setembro de 2021

Poço Redondo adere ao programa Sergipe Pela Infância

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Vice-governadora, Eliane Aquino, esteve no município para apresentar à gestão municipal e também às referências técnicas da cidade a importância do investimento na primeira infância

Dando continuidade às ações do Sergipe Pela Infância (SPI), programa do Governo de Sergipe que tem como foco desenvolver ações intersetoriais para crianças de zero a seis anos, a vice-governadora Eliane Aquino esteve nesta quarta-feira, 11 de agosto, no município de Poço Redondo. A ida ao municpipio teve o objetivo de apresentar à gestão municipal e também às referências técnicas da cidade a importância do investimento na primeira infância.

De acordo com a vice-governadora Eliane Aquino, o trabalho intersetorial é fundamental para o sucesso das ações do SPI. “Muitas vezes há uma cultura de olhar para o usuário final dos serviços como alguém que utiliza tão somente a Saúde,  a Educação ou a Assistência Social e na grande maioria dos casos as pessoas que precisam de um serviço também necessitam dos outros. É necessário que todos trabalhem para a população de forma integral e aí sim tanto a criança como sua família serão cuidadas como necessitam”, pontuou a vice-governadora.

Para o prefeito Júnior Chagas, o programa Sergipe Pela Infância é importante para toda a população poço-redondense. “Recebemos com muita alegria a Caravana do Sergipe Pela Infância, porque ela visa o desenvolvimento da qualidade de vida das população como um todo. Eu já tinha sobre conhecimento sobre o programa e o nosso desejo é que todo o estado de Sergipe possa fazer parte dele, porque trabalha com a infância desde a gestação até os seis anos de vida, ajudando, por exemplo, a diminuir os índices de mortalidade infantil. Estamos de braços abertos para o Sergipe Pela Infância.

Alan Juliano é técnico de geoprocessamento e no SPI trabalha com a sistematização de dados da população infantil. De acordo com ele, o Sergipe Pela Infância também tem o objetivo de gerar dados qualificados sobre o público-alvo do programa. “Os municípios foram escolhidos através de um grande arcabouço de variáveis e indicadores e identificados como mais necessitados da atuação do programa. A partir da adesão dos municípios ao SPI surgem novos indicadores multidimensionais e que ligam informações nacionais, estaduais e municipais das áreas de Assistencia Social, Saúde e Educação para avaliar a qualidade prestado à primeira infância no município”, explicou o técnico.

Sergipe pela Infância

O programa Sergipe Pela Infância nasceu em 2019 e é dividido em três eixos: Gestar e Nascer; Brincar e Crescer; e Desenvolver e Aprender. Em todos eles a ideia é mapear as ações já realizadas e que podem ser aprimoradas, bem como traçar estratégias de trabalho colaborativo entre, principalmente, as áreas de Saúde, Educação e Assistência Social que beneficiem as crianças desde a gestação.

Tendo como público-alvo 17 municípios sergipanos, a metodologia do SPI consiste em realizar webinários de sensibilização dos municípios e visitas às localidades para dialogar diretamente com os gestores municipais e construir conjuntamente políticas públicas na área da primeira infância.  Após a ida aos municípios, o Governo de Sergipe continuará dando apoio de formação para os técnicos municipais no tocante à primeira infância.

Já tendo percorrido dois dos 17 municípios que estão em seu alvo prioritário, mais visitas e formações estão previstas para os próximos dias.

Foto: Danillo França

Da assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prazo para MEI regularizar débitos com a Receita termina dia 30
Plano de Desenvolvimento Econômico será apresentado no município de Estância
Gracinha Garcez é empossada como deputada estadual na Alese nesta segunda
Estado inicia pagamento dos servidores públicos nesta quarta-feira, dia 29