Aracaju, 25 de setembro de 2021

Uma briga paroquial

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza *

O fato político desta semana em Sergipe foi o bate boca entre o deputado estadual Luciano Bispo (MDB) e o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL). Não faltaram acusações de vagabundo, mentiroso, sem futuro, desonesto e o diabo a quatro. Ao contrário do clima tenso em Brasília por conta da votação da PEC do voto impresso e do extemporâneo desfile de tanques da Marinha, a incontinência verbal dos dois agresteiros não passou de uma briga paroquial. Embora ambos sonhem em concorrer ao governo de Sergipe nas eleições de 2022, no fundo Luciano e Valmir estão disputando território político. Os dois sabem que esse bate boca não atrai novos aliados, nem sensibiliza às lideranças políticas envolvidas com a formação das chapas majoritárias. Home vôte!

Federações partidárias

A Câmara dos Deputados aprovou, ontem, projeto de lei permitindo que partidos políticos se organizem em federações partidárias, atuando como se fossem apenas uma legenda. O texto, que segue à sanção presidencial, permite que, a partir da formação da federação, as legendas atuem como uma só agremiação, inclusive nos processos relacionados a escolha e registro de candidatos para as eleições majoritárias e proporcionais, arrecadação e aplicação de recursos em campanhas eleitorais, propaganda eleitoral, etcétera e tal. Misericórdia!

Sucessão à mesa

O governador Belivaldo Chagas (PSD) recebeu em palácio a cúpula do Progressista. Liderada pelo deputado federal e pré-candidato ao governo Laércio Oliveira, a comitiva era composta pelo presidente estadual do PP, Fernando Carvalho, o empresário Rodrigo Athayde e Djinha Beltrão, liderança política de Brejo Grande. É voz corrente nos corredores do palácio que o assunto predominante na reunião foi a sucessão estadual. Crendeuspai!

Arrumando o ninho

E o presidente do PSDB, Eduardo Amorim, está se movimentando para atrair aliados ao seu projeto de disputar o Senado em 2022. Ontem, ele se reuniu com o prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa, o ex-prefeito Valmir de Francisquinho e o vereador Vaguinho de Vado, todos do PL. Depois deu uma esticada até Estância, onde foi recebido pelo ex-deputado estadual Ivan Leite (PSDB). Os dois tucanos discutiram sobre a preparação do partido para o pleito do próximo ano. Ah, bom!

Bem na fita

O Tribunal de Justiça de Sergipe foi o mais rápido do Brasil quanto à tramitação de processos de execução de títulos extrajudiciais: 538 dias corridos desde a citação até a execução da sentença. A boa notícia consta de um estudo, o Doing Business Subnacional Brasil, sobre o ambiente de negócios nas 27 unidades federativas do país. Segundo a juíza-corregedora Brígida Declerc Fink, o resultado obtido pelo judiciário sergipano é algo a ser comemorado. O estudo Doing Business Subnacional Brasil foi publicado pelo Banco Mundial. Supimpa!

Direta, volver!

E o ex-deputado federal Mendonça Prado (PDT) não esconde a satisfação com o governo Bolsonaro. O pedetista lembra que, “após a eleição indireta para presidente ocorrida em 1985, Jair Bolsonaro foi o primeiro político a assumir um ideário de direita e se contrapor aos partidos de esquerda. Fez o que muitos não tiveram coragem e se tornou um líder nacional, contando com o apoio de muitos seguidores”, atesta Mendoncinha. Então, tá!

Lei afrontada

A Lei 8.130/2016 que proíbe uma agenda diferenciada entre consultas particulares e por planos de saúde está sendo desrespeitada. A constatação é do deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania). Autor da lei afrontada, o parlamentar denunciou que clínicas de Aracaju marcam para o mesmo dia consultas oftalmológicas particulares, mas se for pelo Ipesaúde só há vaga para o final de setembro. Passos solicitou à direção do Instituto que adote providências junto às clínicas que estão agindo contra a lei. Marminino!

 

Fogão a lenha

Com o preço do botijão de gás beirando os R$ 100, e cada vez maior o número de famílias usando o fogão a lenha. Esta semana, o deputado federal João Daniel (PT) visitou um amigo na periferia de Aracaju que, após perder o emprego, está vivendo de biscates. Sem dinheiro para comprar o caro gás de cozinha, o cidadão construiu um fogão a lenha para cozinhar o pouco de comida que consegue comprar. O deputado lembra que “desde o início do governo Bolsonaro, o gás de cozinha já teve alta de 66%”. Desconjuro!

Mal cuidadas

E quem anda preocupado com as calçadas de Aracaju é o vereador Breno Garibalde (DEM). O distinto afirma ser quase impossível andar por elas, principalmente se você é idoso, está levando carrinho de bebê, tem mobilidade reduzida ou possui alguma deficiência. Por causa da falta de manutenção das calçadas, “as pessoas andam na rua, ao lado do meio fio. Isso é grave e precisa mudar”, alerta. E é grande o número de pedestres que se arriscam nas mal cuidadas calçadas da capital: conforme estudo do Setransp, 70% da população de Aracaju anda a pé e utiliza transporte público. Só Jesus na causa!

Corpo fechado

Aos supersticiosos um lembrete: hoje é sexta-feira 13, do mês de agosto. Para quem não acredita em crendices não é nada, não é nada e não é nada mesmo! Porém, pelo sim e pelo não, é melhor não passar embaixo de escadas, pois como dizem por aí, “no creo en brujas, pero que las hay, las hay”. Pé de pato mangalô três vezes!

Recorte de jornal

 

 

 

 

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 6 de abril de 1915.

* É editor do Portal Destaquenotícias

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Polícia prende mulher que praticou roubo de motocicleta no Bugio
Enock Ribeiro, secretário Socorro, recebe Título de Cidadão Sergipano
Eliane participa reunião com articuladores do Selo UNICEF
Fábio Reis assina ordem de serviço para pavimentar povoado