Aracaju, 22 de setembro de 2021

Valdevan Noventa vota contra a retirada de direitos do Jovem Aprendiz

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

“Meu voto sempre será favorável aos trabalhadores, principalmente, os mais jovens”

O deputado federal Valdevan Noventa (PL-SE) foi contra a Medida Provisória MP 1045/21, que anula direitos dos trabalhadores e do programa Jovem Aprendiz. Segundo o parlamentar, o seu objetivo na casa é favorecer aos trabalhadores brasileiros, principalmente, os mais jovens. A MP  foi aprovada nesta quinta-feira, 12. Com isso, foi concluída a análise que segue para o Senado Federal.

“O meu voto sempre será para o avanço e jamais para o retrocesso. O texto aprovado, que não teve o meu apoio, faz mudanças permanentes na CLT, impõe dificuldades no acesso à justiça gratuita, permite exploração de jovens trabalhadores, cria o subemprego e outros pontos. Eu disse não ao que considero um prejuízo”, disse Valdevan Noventa.

A votação da MP, apresentada pelo Governo Federal, afirmava que seria um “programa de redução ou suspensão de salários e jornada” de trabalho com o pagamento de um benefício emergencial aos trabalhadores e outros pontos incluídos no texto, como que retira direitos de participantes do programa Jovem Aprendiz.

O deputado Valdevan Noventa destaca que na proposta apresentada, a contribuição das empresas para a Previdência, por exemplo, passa a ser facultativa e benefícios, como vale-transporte e vale-alimentação podem ser eliminados. “Votei contra a essa MP. Observei uma precarização dos direitos dos trabalhadores. Não podemos ser favoráveis ao desemprego. Os jovens precisam de incentivo, de novos postos de trabalho e, o mais essencial, de apoio dos poderes”, completou.

Da assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Câmara Municipal de Aracaju aprova 17 proposituras nesta quarta-feira
Senar Sergipe abre inscrições para o curso de frangos e galinhas
Região Nordeste registra etanol mais caro do País nos primeiros dias do mês, aponta Ticket Log
Em nota, SSP diz que o delegado Marcelo Hercos permanece em estado grave, intubado e sedado