Aracaju, 22 de setembro de 2021

Prefeitura abre consulta pública para elaboração do PDD

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Prefeitura de Aracaju abre, nesta sexta-feira, 13, a consulta pública para elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Aracaju (PDDU). Realizado por intermédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, o plano tem o objetivo de promover o ordenamento da ocupação dos espaços públicos dentro do município, com a oferta de um mecanismo de engajamento popular democrático e participativo.

Depois de anos de estudos, reuniões, relatórios, visitas técnicas e discussões, o trabalho já possui uma versão que pode ser acessada pela população pelo endereço eletrônico www.aracaju.se.gov.br/pddu/. Até o dia 17 de setembro, será possível conferir o anteprojeto completo, junto aos mapas e anexos.

O Plano Diretor tem a função de criar diagnósticos urbanos e estabelecer diretrizes para o ordenamento do município no futuro, proteger o meio ambiente e assegurar o direito à cidade e à propriedade. Atualmente, além da consulta pública, a comissão atua compilando todos os estudos técnicos desenvolvidos desde o ano 2000. O foco tem sido delimitar os níveis de adensamento de áreas da cidade, para identificar regiões com capacidade de construção e ocupação.

Para o secretário municipal da Infraestrutura e presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Sérgio Ferrari, começa uma etapa decisiva para a construção de uma cidade humana, inteligente e criativa.

“O Plano Diretor vai definir a cidade que nós queremos, e é a participação popular que vai torná-lo realmente efetivo. É um trabalho que não envolve só obras, urbanização e infraestrutura, mas também apresentamos diretrizes para esporte, saúde, mobilidade, assistência social, construção e muito mais. Estamos trabalhando para consolidar o projeto e desenvolver a cidade que tanto sonhamos”, enfatiza.

Após a etapa da consulta pública online, será iniciada a fase de visita aos bairros da capital, para diálogo com as comunidades. Depois de sistematizar as contribuições e debater internamente as propostas, o Plano Diretor terá sua minuta finalizada e enviada à Câmara Municipal de Aracaju para apreciação dos parlamentares.

Legislação

A elaboração do PDDU é embasada em dois importantes aparatos legais: a Constituição Federal, que em seu artigo 182 o estabelece como instrumento que define a função social da propriedade urbana; e o Estatuto das Cidades (lei nº 10.257 de 10 de julho de 2001), que estabelece normas de ordem pública e interesse social que regulam o uso da propriedade urbana em prol do bem coletivo, da segurança e do bem-estar dos cidadãos, bem como do equilíbrio ambiental.

Foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Câmara Municipal de Aracaju aprova 17 proposituras nesta quarta-feira
Senar Sergipe abre inscrições para o curso de frangos e galinhas
Região Nordeste registra etanol mais caro do País nos primeiros dias do mês, aponta Ticket Log
Em nota, SSP diz que o delegado Marcelo Hercos permanece em estado grave, intubado e sedado