Aracaju, 22 de setembro de 2021

Escolas estaduais estão prontas para o retorno presencial dia 17

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Desde que as aulas presenciais da Rede Pública Estadual de Ensino de Sergipe foram autorizadas a retornarem a partir desta terça-feira, 17 de agosto, pelo Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (CTCAE), as escolas iniciaram uma força-tarefa para subsidiar este momento. No bojo das ações desempenhadas pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), o repasse de recursos oriundos do Programa de Transferência de Recursos Financeiros Diretamente às Escolas Públicas Estaduais (Profin) foi fundamental para a adequação de todas as 324 escolas públicas estaduais de Sergipe.

No Colégio Estadual João XXIII, situado no município de Ribeirópolis, território Agreste de Sergipe, as aulas presenciais foram programadas para o dia 30 deste mês, e os recursos do Profin são responsáveis por toda a adequação de prevenção à covid-19 na obtenção de materiais como totem, dispensa em todas as salas para armazenar álcool em gel, sinalizações; e insumos necessários, além da distribuição de um pote de álcool e máscara para todos os 315 estudantes cujas famílias optaram pelo retorno presencial.

“Nós recebemos recursos do Profin para termos insumos suficientes e garantirmos os protocolos de segurança. Então, adquirimos tudo que foi necessário para higienização do ambiente, apoio tecnológico aos professores e para manter essa segurança. As aulas presenciais aqui na escola acontecem desde o ano passado com as turmas de 3ª série do Ensino Médio de forma bem tranquila, e por isso continuamos tranquilos diante da retomada agora em 2021 com todas as turmas de Ensino Fundamental e Ensino Médio”, relatou a gestora da unidade João XXIII, Deidiane Jesus de Andrade.

A gestora explica que, além disso, o plano de ação da unidade para esta retomada de aulas presenciais foi feito com base nos guias pedagógicos, decretos e portarias, documentos que versam sobre as diretrizes. “Para o segundo semestre voltamos a reunir o comitê escolar a fim de que os membros possam visitar a escola e averiguar se os protocolos sanitários estão sendo garantidos e seguidos. Nós nos embasamos nos documentos da Seduc e preparamos nosso plano de retomada que será novamente discutido com o comitê, de modo que a nossa comunidade tenha segurança diante desse momento”, concluiu Deidiane.

Para as escolas realizarem essa frente de trabalho, o Governo de Sergipe liberou um montante de R$ 7.115.780,71 referente à parcela complementar do Profin Custeio. Desse total, R$ 5.904.660,00 são do Profin Pandemia, por meio do qual as escolas tiveram autonomia para complementar os investimentos feitos em 2020 e adquirirem equipamentos de proteção individual e coletiva, insumos e serviços de desinfecção ambiental. Completam os investimentos R$ 1.211.120,71 referentes ao Vale-Gás, para que as escolas possam fazer a aquisição do gás de cozinha e preparo da merenda.

A Escola Estadual Prof. Diomedes S. da Silva, localizada no conjunto Fernando Collor, em Nossa Senhora do Socorro, também já está pronta para receber a comunidade escolar no dia 13 de setembro. Neste momento, 50% das crianças matriculadas nessa unidade voltarão para a sala de aula. Segundo a gestora Magna Elisia dos Santos, será estabelecido o Ensino Híbrido nas turmas de anos iniciais em função do apoio tecnológico que irá subsidiar e complementar as aulas presenciais.

As aulas remotas devem permanecer diariamente na maioria das unidades de ensino, e as aulas presenciais ocorrerão em sistema de rodízio semanal. Para isso, os estudantes serão distribuídos em grupos, que farão revezamento com aulas presenciais e remotas. Na unidade Diomedes da Silva, a gestora explica que “nesse momento as aulas presenciais e remotas acontecerão em um sistema de rodízio, sendo que na primeira semana virão os alunos do 1º ao 3º ano e na segunda semana, as turmas de 4º e 5º ano. Então, os alunos terão aulas presenciais e atividades online, já que os professores terão acesso ao material e apoio tecnológico que o Governo estará possibilitando”, disse Magna.

Para a retomada das aulas presenciais, além dos recursos do Profin que viabilizaram ajustar os espaços de cuidados na Escola Estadual Prof. Diomedes S. da Silva e a aquisição de material essencial de proteção para alunos, professores e demais funcionários, a unidade também ganhou reforço de recursos humanos ao receber um servidor para a função de executor de serviços básicos e o outro para a vigilância da escola. “Para mim esse momento de pandemia é delicado, mas também nos dá força para que o nosso trabalho pedagógico e o da Seduc, que nos deu apoio com os protocolos sanitários e recursos financeiro e humano, sejam realizados, e assim o ensino presencial de fato aconteça. Dessa maneira, os professores podem confiar no trabalho que as equipes pedagógica e diretiva da escola estão fazendo, assim como pais ou responsáveis”, concluiu Magna.

As medidas adotadas pelo Governo de Sergipe para garantir segurança a alunos, professores e funcionários no retorno das aulas presenciais são consideradas as melhores do país, de acordo com um grupo de pesquisadores da Rede de Pesquisa Solidária, que monitora as políticas de enfrentamento da pandemia. Sergipe e Ceará estão empatados com 77 pontos, num índice de 0 a 100. Quanto maior a nota, mais próximas as políticas públicas estão das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de autoridades sanitárias dos EUA e da Europa. A pesquisa foi publicada pela Folha de São Paulo no dia 11 de julho.

O Estado de Sergipe foi apontado como o que tem rigoroso protocolo de segurança e injeta nos cofres das escolas recursos financeiros próprios, além de eficientes manuais, planos, portarias e comunicação oficial. Foram analisadas políticas divulgadas pelos governos até o dia 21 de junho de 2021.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Câmara Municipal de Aracaju aprova 17 proposituras nesta quarta-feira
Senar Sergipe abre inscrições para o curso de frangos e galinhas
Região Nordeste registra etanol mais caro do País nos primeiros dias do mês, aponta Ticket Log
Em nota, SSP diz que o delegado Marcelo Hercos permanece em estado grave, intubado e sedado