Aracaju, 21 de setembro de 2021

Janier destaca 20 anos de história do Programa de Resistência às Drogas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Parlamentar foi autora do projeto que criou o Dia Estadual do Proerd em 14 de agosto

Vice-presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), a deputada estadual Janier Mota (PL) parabenizou o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) pelos 20 anos de existência, neste último sábado, 14.

Graças a um projeto de lei de autoria de Janier Mota na Assembleia Legislativa, a Lei Nº. 8.699, de 30 de junho de 2020, instituiu 14 de agosto – data de fundação do programa – como o Dia Estadual do Proerd em todo o Estado de Sergipe.

Oferecido pela Polícia Militar de Sergipe, o Proerd é um serviço educativo voltado para as crianças e adolescentes nas salas de aula de escolas públicas e particulares, com a finalidade de prevenir o uso de drogas e reduzir a violência na sociedade.

O projeto desenvolve campanhas, atividades e projetos sociais, pedagogicamente estruturados em lições, que são ministrados, obrigatoriamente, por um policial militar formado para o desenvolvimento das ações da iniciativa. De acordo com a coordenação do Proerd, ao longo dessas duas décadas, o programa já atendeu cerca de 84 mil estudantes na Capital e no Interior do Estado.

“Fiz questão de sugerir a criação do Dia Estadual do Proerd para homenagearmos esta linda ação de valorização à vida, desenvolvida pelos nossos policiais militares. Trata-se de um patrimônio do povo sergipano. Completando 20 anos de história agora em 2021, o programa tem a honrosa missão de levar mensagens contra as drogas e violência à consciência e ao coração das nossas crianças e adolescentes nos colégios”, ressalta Janier Mota.

O Proerd é baseado no modelo norte-americano “Educação contra a Violência o uso indevido de Drogas” (Dare, na sigla em inglês), surgido nos Estados Unidos em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Rio de Janeiro. E, hoje em dia, existe em todo o país.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sergipe sem óbito por Covid nesta segunda e 32 novos casos
Aumento expressivos de assaltos, uso e tráfico de drogas na praia da Cinelândia em Aracaju
Juma de ‘Pantanal’: Alanis Guillen revela reação à notícia, detalha preparação
Juliette revela temor no ‘BBB21’: ‘O impulso inicial é devorar, julgar, e isso me dava medo’