Aracaju, 17 de setembro de 2021

Aulas presenciais: Escolas da rede estadual de Sergipe iniciam atividades no formato híbrido

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Esse primeiro dia de volta às aulas após um ano e cinco meses de encontros não presenciais foi marcado por reencontros, acolhimentos e orientações acerca dos cuidados de biossegurança sanitária

As escolas estaduais da rede pública de Sergipe retornaram nesta terça-feira, 17, as atividades presenciais, que ocorrerão no formato híbrido, com aulas intercaladas entre o remoto e o presencial. Esse primeiro dia de volta às aulas após um ano e cinco meses de encontros não presenciais foi marcado por reencontros, acolhimentos e orientações acerca dos cuidados de biossegurança sanitária.

O superintendente executivo da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), professor José Ricardo de Santana, acompanhou o retorno presencial do Centro de Excelência Gilberto Freyre, unidade que oferta o ensino médio em tempo integral, em Nossa Senhora do Socorro. Durante a visita, o superintendente conversou com o diretor da unidade, professor Liertes Ferreira, equipe pedagógica e estudantes.

“É notório o quanto nossas escolas estão preparadas e devidamente equipadas para esse retorno presencial. São unidades que se apropriaram dos guias e diretrizes construídos pela Seduc, em consonância com os órgãos de saúde, para garantir um retorno seguro a toda a comunidade. É importante destacar que o trabalho não para por aqui. Estaremos monitorando constantemente essas unidades quanto ao cumprimento dos protocolos e não hesitaremos se for necessário dar um passo para trás. Mas estamos seguros de que o retorno presencial é essencial”, disse José Ricardo.

As aulas do Gilberto Freyre começaram de uma forma bastante descontraída. Na condução das ações estavam os jovens protagonistas que prepararam uma programação de acolhimento. O diretor Liertes Ferreira explicou que nesse primeiro momento os alunos matriculados no 1º ano, que foram divididos em cinco turmas, terão a oportunidade de conhecer os novos colegas e poder participar de diversas dinâmicas.

Ansiosa para o retorno, a jovem Larissa Barbosa destacou a importância do acolhimento. “Me senti feliz em poder chegar aqui e ter esse momento descontraído”, frisou. Para ela, o ensino remoto tem seus benefícios, mas o presencial traz outros significados para as atividades escolares, que, segundo ela, são essenciais para a formação social das pessoas.

Escola Estadual Luiz Guimarães

O início das aulas presenciais na Escola Estadual Luiz Guimarães, em São Cristóvão, também foi marcado por acolhimento e combinados que irão perdurar durante toda a rotina dos estudantes do ensino fundamental. Segundo a diretora da unidade, Andreia Santos, dos 195 alunos matriculados, 160 optaram pelo retorno presencial, cujos pais e responsáveis assinaram o termo de manifestação de interesse. Os alunos que não retornaram presencialmente continuarão de forma remota.

Lá no Luiz Guimarães, as turmas do 1º ao 5º ano participam das aulas de forma alternada, como explica a professora Itanamara de Oliveira. “Os alunos que compareceram hoje retornam só na próxima quinta-feira, e desta forma vamos intercalando a participação deles nas atividades presenciais. O ensino presencial é muito importante por conta da relação de proximidade e interação e também pelo tempo de resposta dos alunos durante a aula, assim eles participam mais”, disse.

O aluno Caio Vinicius Passos da Conceição, do 4º ano, confessa que estava com saudade dos amigos. Ele fez questão de lembrar a importância de manter o distanciamento, evitar a troca de material escolar, sempre lavar bem as mãos com água e sabão, orientação que foi reforçada no primeiro dia de aula presencial. “Cada um tem que fazer sua parte”, disse.

A gestora da Diretoria Regional de Educação 8 (DRE 8), professora Marleide Cruz, também esteve visitando as escolas nesta manhã de retomada das aulas presenciais. Segundo ela, o objetivo é acolher e dar boas-vindas às equipes escolares. “Estamos aqui para trazer uma mensagem de carinho e dizer que estamos juntos nesse retorno, sobretudo para  reforçar os vínculos entre Regional e escola”, concluiu.

Informações e foto ASN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Hospital Cirurgia realiza ação para comemorar Dia Mundial da Segurança do Paciente
Preço médio do óleo diesel segue em alta no início do mês de setembro e litro se aproxima de R$ 5,00, aponta Ticket Log
Sergipe mantém vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos, priorizando portadores comorbidades
Município e Estado se reúnem para definir regras de retomada de público nos estádios