Aracaju, 23 de setembro de 2021

“Há um estrangulamento no setor de oncologia do HUSE. Precisa de atenção do poder público”, alerta Ricardo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na manhã desta segunda-feira (16) o vereador Ricardo Marques (Cidadania) fez uma nova visita ao Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (HUSE) e observou que o setor de oncologia está com a demanda de pacientes muito acima da capacidade.

O parlamentar destaca que o setor de oncologia enfrenta o problema de superlotação. “Pude perceber que o setor de oncologia está estrangulado e precisa mais do que nunca de atenção do poder público. A situação está difícil, apesar de todos os esforços dos servidores, funcionários, enfermeiros e enfermeiras e dos próprios médicos”.

“A ideia de retornar ao hospital foi para acompanhar e entender sobre as novas necessidades do maior hospital público do estado e, de alguma forma, tentar ajudar. Nós conversamos com a direção do hospital que pediu ajuda tanto com relação a compra de equipamentos, como na melhoria da estrutura. O senador Alessandro disse que destinou R$ 2 milhões para o Huse”, pontua o vereador.

Ricardo Marques lembra ainda que o Hospital de Câncer é fundamental para desafogar o Huse. “Foi gerada toda uma expectativa para a criação do Hospital do Câncer, mas infelizmente ele só é lembrado em tempos de eleição, aí sim todos voltam a falar do hospital”.

O vereador afirma ainda que tem recebido muitos pedidos da população, através de suas redes sociais, por um leito e no atendimento aos setores de consultas ortopédicas e vasculares.

A visita foi uma ação dos parlamentares do Cidadania, estiveram presentes o senador Alessandro Vieira, os deputados estaduais Georgeo Passos e Samuel Carvalho e a vereadora Sheyla Galba.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Dia do Sorvete é celebrado com ofertas nas lojas físicas e online
Senado sepulta as coligações
Polícia identifica suspeito de alugar carro utilizado em ação que baleou delegado
Os estudos clínicos e uso de medicamentos em menores de 18 anos